Sorocaba e Região

Pandemia tem déficit de reservas de R$ 3 mi

Pandemia tem déficit de reservas de R$ 3 mi
Empenho de R$ 1,6 milhão se refere aos pagamentos do cartão Merenda Social. Crédito da foto: Divulgação / Secom Sorocaba

O déficit dos valores reservados para o enfrentamento da pandemia de coronavírus, em Sorocaba chegou ontem (3) a R$ 3 milhões, conforme o Portal da Transparência. Ou seja, há mais valores previstos para se gastar do que o total disponível em caixa. Conforme o Portal, a cidade tinha receita de R$ 28.622.136,97 e previsões de gastos com compras empenhadas em R$ 31.648.446,00. Com isso, a conta só fecharia se a cidade tivesse em caixa mais R$ 3.026.309,00.

Os novos valores são de dois empenhos com datas de 2 de julho. Um deles é para a empresa Ticket Serviços S/A, no valor de R$ 1.608.149,00, referente aos pagamentos para o cartão Merenda Social, para estudantes da rede pública municipal. O segundo tem relação com a Santa Casa de Sorocaba, mas o processo, no Portal da Transparência, não especifica o tipo de serviço contratado: quando o internauta clica no processo para ter o detalhamento do empenho, há o direcionamento para o Portal de Licitações da Prefeitura de Sorocaba, mas nele não há nenhuma informação disponível sobre o processo.

Leia mais  Homem é detido pela GCM de Sorocaba por descumprimento de medida protetiva

Não é a primeira vez que ocorre déficit dos valores. No final de maio, por exemplo, ele era de R$ 1,2 milhão. Na ocasião, a Prefeitura de Sorocaba justificou que “os valores identificados na receita referem-se aos recursos recebidos pelos governos Estadual e Federal que possuem destinação específica para o combate ao coronavírus”.

“Já os valores identificados nas despesas referem-se a todos os gastos realizados em combate ao coronavírus, que englobam recursos não só dos valores recebidos para esta finalidade, mas também de outras receitas disponíveis no orçamento que estão sendo aplicadas para o enfrentamento da pandemia”, acrescentou a Prefeitura, em nota. Segundo o Executivo, “a divulgação segue orientações do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.”

Na quinta-feira (2), a cidade já tinha um déficit próximo de R$ 200 mil.

Leia mais  Pane em caminhão causa congestionamento na Raposo Tavares

Outras informações

Ainda de acordo com o Portal da Transparência, a cidade já liquidou R$ 13.649.587,02. O valor efetivamente pago permaneceu em R$ 13.144.322,79. As compras são de 173 fornecedores, em 249 empenhos. A consulta foi realizada pela reportagem às 20h22 de ontem (3). (Marcel Scinocca)

Comentários