Sorocaba e Região

Pandemia do coronavírus cancela eventos da Páscoa em Sorocaba

Situação afeta realização de celebrações e apresentações e grupos recorrem à internet
Eventos da Páscoa são cancelados
Auto de Páscoa da Igreja Presbiteriana Calvário, da Vila Jardini, foi cancelado. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (19/4/2019)

Com exceção da encenação da Paixão de Cristo da Vila Assis, que terá uma versão em vídeo disponibilizada na internet na sexta-feira (10), eventos tradicionais do calendário pascal da região, como o Auto de Páscoa da Igreja Presbiteriana Calvário, da Vila Jardini, e o Estouro de Judas, em Itu, foram cancelados em virtude da pandemia do novo coronavírus.

 

Pela primeira vez, as ruas e praças da Vila Assis e bairros adjacentes, palcos da encenação da Paixão de Cristo, darão lugar à tela de computadores ou celulares. Excepcionalmente neste ano, o público poderá apreciar uma versão em filme, que deverá ser disponibilizada na próxima sexta-feira no canal do Youtube da paróquia de São Francisco de Assis.

As medidas de combate à Covid-19 provocaram o adiamento do espetáculo “Jesus, nome sobre todo nome”, que marcaria a 10ª edição do evento realizado pela Igreja Presbiteriana Calvário. A montagem se destaca na região por mesclar diferentes linguagens artísticas, como artes cênicas, dança e música e mobilizar mais de 400 voluntários, entre elenco e produção. Segundo a igreja, o espetáculo “será apresentado em nova data, ainda a ser definida, tão logo seja reavaliada a situação nacional”.

Eventos da Páscoa são cancelados
Este ano também não vai ter o estouro de Judas, em Itu. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS

O avanço do novo coronavírus também resultou na quebra da tradição de um dos espetáculos mais populares do interior paulista: o estouro de Judas. O evento, que consiste na explosão literal de bonecos que representam as figuras de Judas Iscariotes, traidor de Jesus, segundo a Bíblia, e o Diabo, ocorre há mais de 140 anos no domingo de Páscoa, na Praça Matriz, pontualmente ao meio-dia, e costuma atrair milhares de pessoas, incluindo turistas de várias partes do Estado.

No entanto, neste ano ele não será realizado. De acordo com a Prefeitura da de Itu, assim como demais eventos de cunho cultural, esportivo e ou turístico, o tradicional evento está adiado por tempo indeterminado. “A medida se faz necessária em virtude da situação imposta pelo período de isolamento social durante a quarentena”, informa a administração municipal.

Pelo Youtube

Eventos da Páscoa são cancelados
A tradicional Paixão de Cristo, da Vila Assis, será disponibilizada na internet. Crédito da foto: Divulgação

Assim como das missas que tem sido celebradas na região, com transmissão via streaming, a encenação da Paixão de Cristo da Vila Assis também poderá ser vista internet. A representação da via crúcis, que tradicionalmente é encenada entre o Parque das Águas até o Morro do Garrido, na Parada do Alto, poderá ser conferida no filme, uma versão compacta, de 40 minutos de duração, feita a partir de registros audiovisuais da apresentação do ano passado, sob direção artística de Mario Persico.

O evento seria organizado pela entidade cultural Casa de Espanha, com apoio da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Cultura (Secult), e mobilizaria mais de 120 pessoas, entre atores, figurantes e equipe de apoio. De acordo com Alexandro Giovani Martins, presidente da Casa de Espanha, a comissão organizadora suspendeu os ensaios logo diante das primeiras notícias sobre a pandemia e optou pelo cancelamento do evento, antecipando-se à determinação das autoridades. No ano passado, segundo ele, o evento atraiu mais de 12 mil pessoas. “É claro que não é a mesma coisa [o filme], mas é uma forma de não deixar a tradição morrer e, o mais importante, levar a mensagem da Ressurreição”, afirma Martins. (Felipe Shikama)

Comentários