Sorocaba e Região

Paciente diz ter sido agredido após reclamar de demora em UPA

Um boletim de ocorrência por lesão corporal foi registrado no 6º Distrito Policial pelo ajudante Alexandre Soares Pedroso, 22 anos, que teria sido agredido após reclamar da demora para consulta na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Éden na segunda-feira. Alexandre esteve na unidade devido a fortes dores abdominais e, conforme o boletim, ele teria sido confundido com usuário de drogas. Funcionários da UPA alegaram que ele chegou ao local sujo e com a roupa rasgada. Ainda de acordo com o boletim, Alexandre só não foi tirado à força da unidade graças à intervenção de populares que aguardavam para serem atendidos. Conforme ele, a roupa foi rasgada na intervenção dos seguranças.

O ajudante gravou um vídeo onde ele aparece antes da suposta agressão. Visivelmente alterado, ele aborda vários profissionais e pacientes que estavam aguardando atendimento na parte interna da UPA, próximo de onde ficam os consultórios médicos. Segundo Alexandre, o vídeo mostra que ele estava com roupas limpas e que sua camiseta não estava rasgada.

Leia mais  Secretário da Saúde de Sorocaba é criticado por ser ‘mal-educado’

A Secretaria de Saúde de Sorocaba (SES) afirmou que o paciente agiu com postura inadequada na unidade de saúde e apresentou comportamento ofensivo, constrangendo as pessoas que estavam na sala de espera. No local, conforme a pasta, havia a presença de crianças. Após ser medicado, ele deixou a unidade.

Comentários