Sorocaba e Região

Ocupação chega a 85% no hospital de campanha

A capacidade total do espaço é de aproximadamente 80 leitos, mas eles serão liberados conforme a demanda
Ocupação chega a 85% no hospital de campanha
Das 20 vagas clínicas, 17 estavam ocupadas ontem. Crédito da foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (25/5/2020)

O hospital de campanha montado na Arena Multiuso, às margens da rodovia Raposo Tavares, atingiu a maior taxa de ocupação — 85% — desde quando as 22 primeiras vagas foram disponibilizadas. A marca foi alcançada nesta segunda-feira (8). O primeiro paciente foi atendido no local em 26 de maio. A capacidade total do espaço é de aproximadamente 80 leitos, mas eles serão liberados conforme a demanda, como tem explicado a Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES).

De acordo com o censo diário de leitos na cidade, divulgado pela SES, das 20 vagas clínicas do hospital de campanha, nesta segunda 17 estavam ocupadas. No casos das vagas de estabilização (UTI), que são duas, uma apenas estava disponível. A situação também era preocupante na Santa de Casa, conforme o censo, com 90% de ocupação nos leitos clínicos e 87% nos leitos de UTI. A situação mais confortável estava no Gpaci, que tinha apenas quatro pessoas em seus 34 leitos disponíveis, incluindo oito de UTI. O local, entretanto, está pactuado para receber apenas pacientes de até 18 anos.

Leia mais  Cerca de 2 mil máscaras cirúrgicas são roubadas de hospital na França

 

Vagas do Estado

Nesta segunda-feira (8), no Estado não havia vagas disponíveis das 30 pactuadas para Covid-19 no Hospital Adib Jatene (novo Regional). Nas vagas de leitos clínicos, estavam disponíveis duas das 15 vagas pactuadas. No Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), três das oito vagas estavam ocupadas, com relação aos leitos clínicos. Já no caso dos leitos de UTI, das 11, apenas uma estava disponível.

Novos leitos

Respondendo ao Cruzeiro do Sul, a prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho (PSL), e o secretário da Saúde de Sorocaba, Ademir Watanabe, falaram em aumentar para até 40 o número de leitos no hospital de campanha, mas sem dar prazo. “Existe a possibilidade de chegar 30 a 40 leitos no hospital de campanha, com possibilidade de aumentar”, destaca a chefe do Executivo. Ela ainda lembra da UPH Leste, que tem leitos de enfermaria com readequação contratual e financeira para atender somente pacientes Covid.

Leia mais  Ações para enfrentar coronavírus totalizam R$ 700 bi, diz Guedes

 

“Hospital de campanha é situação inédita. Estamos aprendendo, mas com muita responsabilidade e margem ampla. Não somos gestores hospitalares. Estamos trabalhando como tal”, afirma Watanabe. Conforme o secretário, reuniões diárias ocorrem sobre o tema e, se necessário mais vagas, elas estarão disponíveis. (Marcel Scinocca)

Comentários