Sorocaba e Região

Nova ETA é resultado de investimento de R$ 78 milhões

Segundo a Votorantim Energia, as operações estão direcionadas para garantir o abastecimento de água da região
Sorocaba terá rodízio de água em 150 bairros durante 13 horas por dia
Pongitor: ETA poderá tratar 750 litros de água por segundo. Crédito da foto: Fábio Rogério (4/11/2019)

 

O investimento do Saae Sorocaba na implantação da ETA Vitória Régia é de aproximadamente R$ 78 milhões. Os recursos incluem financiamento do programa Saneamento para Todos e CPAC, do governo federal (com a Caixa Econômica Federal como agente financeiro), e contrapartida com recursos próprios.

De acordo o diretor-geral do Saae Sorocaba, Mauri Pongitor, a nova estação será totalmente automatizada e terá capacidade para tratar, inicialmente, 750 litros de água por segundo, podendo ser ampliada para 1.500 litros por segundo, numa segunda etapa. “Além disso, o Sistema de Distribuição da nova ETA estará interligado ao sistema já existente, permitindo operar em conjunto com os sistemas da ETA Cerrado e Éden.”

Leia mais  Perda na distribuição de água em Sorocaba atinge 20,3%

 

Conforme o Saae, toda a zona norte será atendida pela ETA Vitória Régia, o que corresponde a 33% da população sorocabana, mas existe a possibilidade de atender todos os pontos da cidade.

Já a segunda fase, que será implantada de acordo com as necessidades de abastecimento da cidade e a disponibilidade hídrica, a capacidade de atendimento será de 66% da população de Sorocaba.

Atualmente, a represa de Itupararanga é responsável por 80% do abastecimento da cidade. Administrada pela Votorantim Energia, que é a gestora da Usina Hidrelétrica de Itupararanga, a empresa informa que o reservatório de Itupararanga opera com 45,58% do volume útil, o que é considerado normal.

Segundo a Votorantim Energia, as operações estão direcionadas para garantir o abastecimento de água da região de Sorocaba e Votorantim e a vazão natural do rio Sorocaba.

Já o Saae informa que os demais mananciais que complementam o abastecimento de Sorocaba apresentam atualmente os seguintes níveis: a represa do Clemente com 95%, Castelinho/Ferraz (ETA Éden) 98%, e Ipaneminha 99%. (Ana Cláudia Martins)

Comentários