Buscar no Cruzeiro

Buscar

Paulistão

Crise contra calmaria

Com climas opostos, Corinthians e São Paulo jogam pelo Paulistão

02 de Maio de 2021 às 00:01
Estadão Conteúdo
Mancini sofre críticas, enquanto Crespo vive boa fase.
Mancini sofre críticas, enquanto Crespo vive boa fase. (Crédito: RODRIGO COCA / AG. CORINTHIANS e DIVULGAÇÃO / SAOPAULOFC.NET)

Corinthians e São Paulo jogam hoje (2), às 22h15, na Neo Química Arena, pelo Paulistão, tendo do lado tricolor o favoritismo nas mãos e, do alvinegro, uma crise provocada por seguidas atuações ruins e uma desclassificação iminente na Copa Sul-Americana. O Majestoso tem as duas equipes com a vaga encaminhada para as quartas de final do estadual. Mas o que está em jogo é a calmaria são-paulina diante do turbulento clima que envolve o Parque São Jorge.

As constantes críticas e falta de um ajuste tático já desgastaram a imagem do técnico Vagner Mancini com a torcida corintiana -- que ontem (1º) foi ao CT Joaquim Grava para protestar. Cerca de 30 torcedores estiveram no local e exibiram cartazes com dizeres “clássico é guerra” e “acabou a paz”, bandeiras e até mesmo cruzes com nomes de jogadores. Diante do calendário apertado, ele deve mandar a campo a mesma equipe que derrotou o Santos por 2 a 0 na Vila Belmiro, no último domingo.

Apesar de contar com os jogadores mais experientes nas partidas pela Sul-Americana, os mais jovens estão apresentando desempenho melhor do que os mais rodados. João Vitor, Raul e Piton foram os destaques contra o Peixe, E após a derrota para o Peñarol na quinta-feira, um resultado positivo é fundamental para dar respiro e tranquilidade ao projeto de Mancini. “Não podemos achar uma partida para descarregar toda uma responsabilidade. Nós sabemos o que estamos fazendo e tenho certeza de que domingo (hoje) faremos um bom jogo. Estou muito tranquilo e isso gera convicção”, garantiu o treinador.

No São Paulo, o ambiente está bem mais tranquilo. As oito vitórias seguidas e o encaixe do time com Dani Alves na ala direita aumentaram o poder de criatividade da equipe. O técnico Hernán Crespo vem conduzindo o revezamento da equipe com sucesso e o desempenho dos meninos de Cotia vem sendo mais do que aprovado.

O treinador argentino não deu indicações de qual formação vai mandar a campo, mas uma vitória sobre o Corinthians pode marcar o fim de um incômodo tabu para o São Paulo. A confortável posição na Libertadores (lidera o Grupo E de forma isolada com seis pontos) pode permitir ao técnico argentino apostar em seu elenco principal diante dos corintianos.

E a boa fase de Pablo no comando do ataque é uma aposta que deve acontecer independentemente da escalação. Autor do gol que abriu a vitória contra o Rentistas, o jogador torce por manter a sequência para deslanchar cada vez mais com a camisa nove. “Ele (Crespo) era mestre na posição e me dá muitos conselhos. Fala de posicionamento, me passa muita confiança e isso é importante. Espero continuar a marcar gols para ajudar o São Paulo”, falou o jogador.

Se Corinthians e São Paulo vivem ambientes distintos fora de campo, no Paulista os dois estão com a situação sob controle. O time do Morumbi, que venceu todos os seus compromissos na retomada do Paulista, tem 25 pontos em dez jogos e um aproveitamento de 83,3%. O Corinthians também aparece em primeiro na sua chave. Até aqui a equipe de Vagner Mancini soma 21 pontos no mesmo número de partidas. (Estadão Conteúdo)

CORINTHIANS x SÃO PAULO

Corinthians - Cássio; Fagner, Bruno Mendez (Raul), Gil e Lucas Piton (Fabio Santos); Gabriel (Xavier), Camacho (Cantillo), Otero (Ramiro), Luan e Mosquito; Cauê (Jô). Técnico: Vagner Mancini

São Paulo - Volpi; Bruno Alves, Arboleda e Léo; Dani Alves, Luan, Benitez, Liziero e Reinaldo; Pablo e Luciano. Técnico: Hernán Crespo

Árbitro - Flavio Rodrigues de Souza

Horário - 22h15

Local - Neo Química Arena, em São Paulo (SP)