Sorocaba e Região

Municípios devem receber ferrovia para operação da Maria-Fumaça

Votorantim Cimentos sinalizou transferir para Sorocaba e Votorantim trecho de oito quilômetros de via férrea
Transferência da via férrea objetiva viabilizar o futuro Trem dos Operários. Crédito da Foto: Emídio Marques
Transferência da via férrea objetiva viabilizar o futuro Trem dos Operários. Crédito da Foto: Emídio Marques

Representantes do Grupo Votorantim — que engloba a Votorantim Cimentos, proprietária da ferrovia que liga Sorocaba a Votorantim — sinalizaram na tarde desta quarta-feira (30), em reunião no gabinete do prefeito de Votorantim, Fernando de Oliveira Souza (DEM), a transferência para os municípios do trecho de oito quilômetros da antiga Estrada de Ferro Elétrica Votorantim (EFEV), entre a Estação Paula Souza, em Sorocaba, até o bairro Votocel.

A ação objetiva viabilizar o “Trem dos Operários”, desenvolvido em parceria pelos dois municípios para o funcionamento da Locomotiva 58 (Maria-Fumaça) com finalidade cultural, histórica e turística.

 

“É um projeto que vai alavancar o turismo em nosso município e estamos empenhados para que isso aconteça”, disse o prefeito Fernando de Oliveira Souza. De acordo com o secretário Edson Cortez, a transferência da área onde está a via férrea tem finalidade expressa e exclusiva para utilização pelo projeto, oferecendo garantia de que a Maria-Fumaça não venha a ser descontinuada no futuro em prol de outros interesses.

Os representantes do Grupo Votorantim, Ivan Omori, Taís Torres e Cláudio Lima, que estiveram na reunião, informaram que a partir de agora inicia-se o trâmite jurídico para a desapropriação amigável por valor simbólico.

Também participaram da reunião os diretores da Sorocabana – Movimento de Preservação Ferroviária, Eric Mantuan e Abílio Medeiros, o secretário de Negócios Jurídicos de Votorantim, Fiore Graziosi, e representantes das duas prefeituras. (Com informações da Secom Votorantim)

Comentários