Sorocaba e Região

Motoboys triplicaram viagens para entregas em domicílio

As regiões central e do bairro Parque Campolim são as campeãs em pedidos delivery
Motoboys triplicaram viagens para entregas
A maior parte das entregas é de comida, mas a lista também inclui gás, remédio e até peças. Crédito da foto: Arquivo JCS

Triplicou o número de pedidos de entregas em domicílio a motoboys em Sorocaba desde a decretação da quarentena no Estado de São Paulo. O dado é do sindicato municipal da categoria. Segundo o presidente da entidade, Gledson Orlandi, conhecido como Viola, um motoboy tem feito uma média de 30 entregas diárias no intervalo de cinco horas. Antes da quarentena, a média era de dez viagens no mesmo período de trabalho.

As regiões central e do bairro Parque Campolim são as campeãs em pedidos. A maior parte das entregas é de comida, mas a lista também inclui gás, remédio e até peças.

De acordo com Viola, existem aproximadamente cinco mil motoboys rodando em Sorocaba. A quantidade de trabalhadores vinculados a aplicativos não é divulgada pelas empresas.

Pontos disputados

Em tempo de pandemia de coronavírus, pontos destinados à venda de alimentos prontos são disputados em Sorocaba. Segundo Viola, ao redor do Pátio Cianê Shopping aproximadamente 60 motoboys têm ficado concentrados. “Onde tem demanda de entrega, tem motoboy”, conta.

A preocupação atual da categoria também é em relação à higiene. De acordo com Viola, os motoboys são orientados a limpar o capacete, as mãos e partes da moto com álcool. (Giuliano Bonamim)

Comentários