Sorocaba e Região

Morte de tutores gera mobilização para resgate de animais em Salto de Pirapora

Casal de idosos que faleceu no mesmo fim de semana deixou mais de cem cães e gatos
A ativista Luisa Mell esteve no local, além de veterinários e representantes de outras ONGs de proteção animal. Crédito da Foto: Reprodução/Instagram

O casal de idosos Terezinha de Jesus D’Aguiar, de 85 anos, e Carlos D’Aguiar, de 79, dedicou os últimos anos de suas vidas aos mais de cem cães e gatos que criava em sua residência no bairro São Manoel, em Salto de Pirapora, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS).

Mas, a morte dos dois em um mesmo fim de semana pegou a família e os amigos de surpresa. Nesta terça (19), teve início uma mobilização de ONGs de proteção animal e veterinários para a adoção dos animais e os cuidados aos que estão doentes.

 

O sobrinho do casal, Alex D’Aguiar, conta que a situação de superlotação dos animais não foi planejada e que Terezinha e Carlos eram muito apegados aos bichos. Por isso, não admitiam a hipótese de doação.

“Nós chegamos a mobiliar uma outra casa para que eles deixassem de morar sozinhos, mas eles resistiram a ficar longe dos animais”, conta.

Agora, a família conta com um desfecho adequado para os cães e gatos, por profissionais adequados: “É o que a gente mais queria”.

Mobilização

Segundo Alex, várias organizações não-governamentais (ONGs) de proteção animal e veterinários da cidade estiveram na residência avaliando a situação.

A ativista Luisa Mell, mantenedora de um instituto de assistência aos animais, esteve no local e publicou em seu perfil numa rede social um pedido de ajuda. “Eu vou mandar ração, assim que conseguir o endereço (…) mas eles precisam ser resgatados”, comentou.

Em nota, o setor de Bem-Estar Animal da Prefeitura de Salto de Pirapora informou que prestará assistência com “visita periódica do veterinário municipal, limpeza, organização e o fornecimento de ração em parceria com uma fabricante local”.

Conforme a Prefeitura, o número de animais foi estimado em 90 cães e 40 gatos e não há espaço físico no canil municipal para abrigar essa quantidade. (Da Redação)

Comentários