Cultura Sorocaba e Região

Morre o carnavalesco Edson Negraxa

Causa da morte foi enfarte; velório será na Ossel Vila Assis
Carnavalesco tinha grande influência em torno do samba de Sorocaba. Crédito da foto: Reprodução / Facebook

 

O carnavalesco Edson Cesar Leite, conhecido como Edson Negraxa, faleceu nesta quarta-feira (18), em Sorocaba. Ele tinha 55 anos. A causa foi enfarte. Negraxa foi um dos mais de 20 mil sorocabanos que contraíram o novo coronavírus. Ele chegou a ficar internado por causa da Covid-19, mas teria se recuperado da doença.

Apaixonado por carnaval, ele foi presidente da União Sorocabana das Escolas de Samba (Uses). A paixão o levou para duas escolas de samba de Sorocaba – Furiosa Real e Terceiro Centenário. Negraxa se orgulhava e fazia questão de dizer que era discípulo do mestre Lazinho — Lázaro Lopes de Oliveira.

Conforme o também carnavalesco Caio Vinícius Rocha, conhecido como Caio Negro, a paixão era tanta que ele se viu na obrigação de contribuir com a organização do carnaval de Sorocaba, participando da Uses. Outra lembrança do amigo diz respeito a um dos trabalhos que Negraxa mais gostava de recordar, quando foi vice-campeão com a Furiosa, em um dos carnavais que participou. Na ocasião, ele recebeu duas notas 10 no quesito bateria.

Leia mais  Posto de combustíveis é assaltado na avenida Itavuvu

Ele também foi membro da União das Escolas de Samba Paulistanas, uma das entidades organizadoras do carnaval da cidade de São Paulo. Na eleição de 2020, ele foi candidato a vereador pelo Podemos, não sendo eleito.

Em seu perfil pessoal, no Facebook, são dezenas de manifestações de carinho assim que a morte foi confirmada. O velório de Edson Negraxa será das 8h30 às 10h30 desta quinta-feira (19), na Ossel Vila Assis.

 

Última atualização: 1h20 de 19 de novembro de 2020, com a causa da morte

Comentários