Covid-19 Sorocaba e Região

Moradora de Sorocaba diz estar com coronavírus; Prefeitura nega

Seus filhos teriam frequentado uma escola particular da cidade sem que a instituição fosse avisada do caso
Morador de São Roque com suspeita de coronavírus esteve no norte da Itália
Imagem do microscópio eletrônico de transmissão mostra o Sars-CoV-2 – também conhecido como 2019-nCoV, o vírus que causa o covid-19. Crédito da foto: NIAID-RML (26/2/2020)

Um áudio circula em aplicativos de mensagem sobre um suposto caso confirmado de coronavírus em Sorocaba. Por meio de nota, a Secretaria Municipal da Saúde desmentiu a informação de que uma mulher estaria contaminada na cidade.

No áudio, a moradora de Sorocaba afirma ter sido diagnosticada com coronavírus. Ela pede atenção das pessoas com relação à seriedade do problema. Seus filhos teriam frequentado uma escola particular da cidade sem que a instituição fosse avisada do caso.

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde, desmentiu a informação. Até o momento, a cidade possui 62 casos suspeitos e 10 notificações já foram descartadas pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL) – órgão estadual responsável pelos exames do novo coronavírus em todo o Estado de São Paulo.

Após a SES tomar ciência desse áudio que criou histeria em muitas pessoas na cidade, a equipe da Vigilância Epidemiológica (VE) entrou em contato com a mulher para entender o caso. Segundo a VE, a mulher foi mal atendida num hospital particular de Sorocaba e decidiu ir até a cidade de São Paulo para passar pelo Hospital São Luiz.

Neste hospital, a moradora de Sorocaba foi submetida a um exame chamado “painel viral”. Ele não testa a doença coronavírus, mas sim outros vírus respiratórios.

Após o seu resultado dar negativo, a paciente disse que o médico que a atendeu suspeitou de coronavírus. Porém, não foi feita coleta de amostra para ser enviado ao Instituto Adolfo Lutz.

Devido a essa situação, a equipe da SES pediu para que a paciente comparecesse em uma unidade de saúde do SUS municipal para coletar a amostra e enviar ao IAL. A mulher foi classificada como suspeita do novo coronavírus, mas até o momento, a cidade não possui casos confirmados desta doença.

Escola

A reportagem entrou em contato com colégio. A unidade ficou de apresentar um posicionamento sobre a situação.

Em comunicado a pais de alunos da unidade, o colégio afirma que foi surpreendido com a mensagem. Ao entrar em contato com a mãe, que possui dois filhos na escola, a mulher afirmou que avisou o marido, e que ele não teria comunicado à unidade escolar.

Leia mais  Casos suspeitos de coronavírus em Sorocaba dobram em 24 horas

 

A mãe também teria informado o colégio que os filhos não apresentam qualquer sintoma até o momento. Eles frequentaram a unidade escolar até o dia 13 deste mês. Por fim, a instituição reforça as necessidade de se manter as precauções de higiene e segurança.

O áudio

No áudio, de quase dois minutos, a mulher afirma que precisa transmitir uma mensagem. “Eu tô com o coronavírus. Eu acho importante que vocês não mandem essas crianças. Quem estiver mandando essa semana, que não mande mais para a escola. E que vocês se previnam. E realmente acreditem: o vírus está aí”, afirma.

“Eu adquiri, provavelmente, em São Paulo”, continua em outro trecho. “Mas ele já está em Sorocaba. As pessoas só não estão sabendo, não estão vendo”, garante. “Tá mais perto do que a gente imagina”, acrescenta pedindo para que as pessoas fiquem em casa e tomem outras medidas. (Marcel Scinocca, com informações da Prefeitura de Sorocaba)

Comentários