Eleições 2020 Sorocaba e Região

Manga repudia postagem de Rafael Ilha contra Jaqueline

Prefeita Jaqueline ainda irá analisar outras medidas de ordem cível que possam ser adotadas em relação ao ocorrido
Manga repudia postagem de Rafael Ilha contra Jaqueline
Manga disse que Rafael não terá cargo em seu governo. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (3/12/2020)

O prefeito eleito Rodrigo Manga (Republicanos) disse nesta quinta-feira (3) que repudia a postagem feita pelo ex-integrante do grupo musical Polegar, Rafael Ilha, contra a prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho (PSL), na última segunda-feira (30), após o 2º turno das eleições.

Rafael Ilha apoiou a candidatura de Manga a prefeito de Sorocaba. Na quarta-feira (2), a prefeita Jaqueline protocolou requerimento solicitando à autoridade policial a instauração de inquérito policial contra Rafael Ilha.

O pedido da prefeita, que é delegada de polícia aposentada, foi motivado por uma postagem feita por Rafael, no Facebook. Na postagem, segundo a prefeita, utilizando-se de linguagem vulgar, desrespeitosa e agressiva, Rafael fez acusações à prefeita e sua equipe de trabalho. Para a prefeita, houve injúria e calúnia, na tentativa de desmerecer e desqualificar a imagem dela.

Ao documento protocolado junto à Delegacia Seccional de Sorocaba, a prefeita anexou cópia do print da postagem feita por Rafael com todo o conteúdo da mensagem. Por meio de nota oficial, a prefeita Jaqueline destaca que Rafael tem histórico de postagens e comportamento agressivo não apenas nas redes sociais.

“Há inúmeros registros na imprensa envolvendo seu nome com ocorrências de porte de drogas, tentativa de sequestro entre outras situações. Diante da caracterização dos crimes contra a honra, a prefeita dará prosseguimento à queixa-crime que se iniciará com a instauração do inquérito”, diz a nota.

Leia mais  Câmara Municipal anuncia novo surto de Covid-19 na Casa

A prefeita Jaqueline ainda irá analisar outras medidas de ordem cível que possam ser adotadas em relação ao ocorrido sem, no entanto, ter qualquer definição neste momento.

Questionado a respeito após reunião com Jaqueline, Manga disse que a postagem foi “desnecessária”, “inadmissível” e que ele repudia tal fato. “Repudio e não aceito nenhum tipo de ataque e de ofensa. Mais do que eu fui atacado nessa campanha, mas eu não ataquei ninguém. Então, eu repudio todas as outras vezes que aconteceu isso seja com ele (Rafael Ilha) ou com qualquer outro apoiador, eu não admito isso”, disse.

Manga disse ainda que Rafael Ilha não deve ter cargo em seu governo. “Isso acaba só afastando a possibilidade porque eu deixo muito claro que as pessoas que estão ao meu lado, que querem ter convívio, e nem estou falando de trabalho, questão de relacionamento mesmo, tem que saber respeitar as outras pessoas, como eu também sei”, afirmou.

Na página do Facebook de Rafael, há diversas postagens sobre o prefeito eleito Rodrigo Manga, como compartilhamento de notícia sobre sua candidatura e o trabalho de recuperação de dependentes químicos desenvolvido na cidade.

Leia mais  Inquilino é preso por guardar drogas em casa de amigo em Sorocaba

A prefeita Jaqueline não falou com a imprensa sobre o caso após a reunião com Manga. O Cruzeiro do Sul não conseguiu contato com Rafael Ilha até o fechamento desta reportagem. (Ana Cláudia Martins)

Comentários