Sorocaba e Região

Manga anuncia na rádio que sai do Democratas em março

Sobre eleições municipais, Manga, que já se declarou pré-candidato a prefeito, afirma que deverá sair pelo Republicano
Manga anuncia para março saída do DEM
Vereador vai ao Republicano. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (18/2/2020)

O vereador Rodrigo Manga (DEM) foi o entrevistado desta terça-feira (18) no Jornal da Cruzeiro, na Cruzeiro FM 92,3. Ele falou sobre a emenda, de sua autoria, que foi considerada inconstitucional na Câmara Municipal, em que destinava um reajuste maior para funcionários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba, de 13,98%, entre outros assuntos.

Sobre eleições municipais, Manga, que já se declarou pré-candidato a prefeito, afirma que deverá sair pelo Republicano, devendo deixar o DEM no mês que vem. Ele disse ainda que continua indefinido seu candidato a vice na chapa e que ele tem conversado com diversas pessoas a respeito, e que o nome será definido no momento oportuno. “Nós temos pessoas importantes na cidade, que contribuem cada um dentro de sua maneira, do seu grupo de atuação, e que tem interesse de estar conosco como vice. Eu tenho conversado com várias pessoas e até com partidos políticos que sugerem nomes, mas não decidimos isso e vamos deixar essa decisão para tomar lá na frente”, diz.

Leia mais  Manga só viaja por mais de 8 dias se a Justiça autorizar

 

Manga justificou a emenda ao projeto de lei — apresentado pelo Executivo para a reposição salarial dos servidores públicos municipais, cujo índice acordado entre a Prefeitura e o sindicato da categoria foi de 4,31% –, que a destinação maior aos funcionários do Saae seria somente para os que ganham até dois salários mínimos.

O vereador reforçou ainda que a emenda poderia ser apresentada por ele, embora houvesse o entendimento técnico de que a propositura deveria ser de competência do Executivo e não do Legislativo.

Rebateu também as críticas que recebeu sobre o fato da sua emenda ser considerada de cunho eleitoral, visto que ele já se declarou pré-candidato. Disse que desde que iniciou seu trabalho como vereador na cidade atende a população em seu escritório no Centro e que sempre se pautou por atender os anseios dos que mais precisam.

Manga disse que não teve tempo de conversar com os demais vereadores sobre a emenda, nem com a diretoria do Saae, e que os rumores sobre uma possível volta do prefeito cassado José Crespo (DEM) ao cargo apressou as discussões e votação dos projetos de lei sobre reajuste dos servidores municipais no Legislativo. (Ana Cláudia Martins)

Comentários