Sorocaba e Região

Lucy Montoro começa a funcionar sem anúncio prévio

O Centro de Reabilitação da Rede Lucy Montoro em Sorocaba começou a funcionar ontem, com apenas um único atendimento, e sem anúncio prévio para a população, que aguarda pelo serviço desde 2013, quando a cidade conseguiu verba para a construção do prédio. A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que responde pela unidade, não enviou comunicado oficial para a imprensa avisando do início das atividades.

Criada para realizar a reabilitação de pessoas com deficiência, por meio de equipes multidisciplinares, a Rede Lucy de Sorocaba contou com investimento de R$ 9,4 milhões e terá especialistas em fisiatria, oftalmologia, fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, enfermagem, serviço social, psicologia, condicionamento físico e pedagogia, entre outros.

Conforme a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, “os atendimentos se darão de forma gradativa, assim como as instalações”. A pasta não respondeu que atendimentos estão sendo feitos agora e não falou o motivo de não ter anunciado o início do funcionamento, que acabou sendo divulgado pela deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB). Ela reivindicou a unidade e acompanha de perto a construção desde o início.

Leia mais  Trilhos de ferrovia são furtados e trem descarrila em Votorantim

A Rede de Sorocaba receberá os 48 municípios da Diretoria Regional de Saúde de Sorocaba (DRS-16), por meio de encaminhamento.

Atrasos e adiamentos 

Os atrasos na inauguração e no funcionamento do Centro de Reabilitação da Rede Lucy Montoro em Sorocaba, comprometem os prazos previstos em contrato.

Com o prédio finalizado desde 2016 e depois de ter tido a inauguração adiada por pelo menos seis vezes, a previsão era que os atendimentos fossem iniciados no dia 25 de junho, o que não ocorreu. No entanto, pelo contrato de gestão de saúde, assinado pelo governo do Estado de São Paulo — Secretaria de Estado da Saúde — e o Banco de Olhos de Sorocaba (BOS), estavam previstos para junho 274 atendimentos relacionados à fisiatria — ligada à reabilitação — e à oftalmologia. Esse número deveria aumentar para 331 neste mês (julho) e se estabilizar em 410 a partir de agosto. No ano, os atendimentos previstos em contrato para essa especialidade deveriam chegar a 2.665.

Leia mais  Procurado por homicídio é preso pela PM em Sorocaba

Com relação às demais especialidades, incluindo consultas não médicas e procedimentos terapêuticos, a expectativa era realizar 2.169 atendimentos ainda em junho. O número também deveria aumentar para 2.682 em julho e permanecer em 3.252 em agosto, setembro, outubro, novembro e de dezembro, atingindo 21.111 até o fim de 2018. Pelo que pode ser observado, a meta já está defasada.

O montante do orçamento econômico-financeiro do Centro de Reabilitação para este ano, ainda conforme o contrato, está estimado em R$ 2.585.045,20 e será distribuído porcentualmente, sendo 10% para atendimento médico e o restante, ou seja, 90%, para atendimento não médico.

O Centro Lucy Montoro de Reabilitação – unidade Sorocaba, fica na rua Cláudio Manoel da Costa, 287, Jardim Vergueiro (anexo ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba). Telefone: (15) 3212-9150.

Comentários