Sorocaba e Região

Jaqueline não enviará ‘pautas-bomba’ à Câmara, diz líder do governo

Um dos projetos que foi arquivado é o que tratava da taxa de iluminação pública
Martinez será o líder do governo de Sorocaba na Câmara de Vereadores
Francisco Martinez conversa com Jaqueline Coutinho durante inauguração de creche no Mineirão, em Sorocaba. Crédito da foto: Emídio Marques (9/8/2019)

As pautas impopulares, também chamadas de pautas-bomba, não serão enviadas para a Câmara de Sorocaba durante a administração da prefeita Jaqueline Coutinho (PDT). A informação foi passada pelo líder do governo na Câmara, vereador Francisco Martinez (PSDB), durante a sessão ordinária do Legislativo desta terça-feira (20).

De acordo com o vereador, o acerto foi feito após conversa com a chefe do Executivo. Dentro das iniciativas, que, conforme ele, serão arquivadas, está o projeto de lei que tratava da taxa de iluminação pública. “A prefeita abriu mão, ela arquivou”, afirma.

Leia mais  Jaqueline Coutinho avalia material escolar estocado em Sorocaba

 

Outro projeto que não será deverá ser analisado para a Câmara é o que trata de empréstimos de bancos internacionais. “Não temos dinheiro nem para a saúde e ainda vamos fazer mais dívidas?”, questiona. “Os projetos – de mobilidade – que tem e que ela vai avançar, independe desse empréstimo”, garante.

Por fim, projetos relacionados ao funcionalismo também serão arquivados, mas podem ser analisados futuramente. “Não teremos pauta represando o funcionário público, não teremos pautas de taxas de forma alguma. Isso é uma decisão da prefeita”, conclui.

Comentários

CLASSICRUZEIRO