Sorocaba e Região

Itavuvu lidera em acidentes de trânsito

De janeiro a agosto deste ano, foram 48 ocorrências, três delas com mortes
Itavuvu lidera em acidentes de trânsito
Em todo o ano passado, a avenida Itavuvu registrou 94 acidentes com vítimas. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (26/10/2020)

De janeiro até agosto deste ano, ocorreram acidentes de trânsito, com pessoas feridas ou óbitos, em 329 ruas e avenidas de Sorocaba. A avenida Itavuvu, na zona norte, lidera o ranking feito pela Urbes – Trânsito e Transportes, tendo sido palco de 48 acidentes, sendo três deles com mortes. A avenida Dom Aguirre aparece em segundo lugar, com 38 acidentes, mas sem mortes, e, em terceiro, está a avenida Ipanema com o mesmo número de acidentes de trânsito, porém, sem registro de óbitos.

Na sequência estão as avenidas Américo Figueiredo (21 acidentes, uma morte), General Carneiro (15 acidentes, duas mortes), Armando Pannunzio (14 acidentes, duas mortes), Afonso Vergueiro (16 acidentes, sem mortes), Atanazio Soares (12 acidentes, nenhuma morte), Luiz Mendes de Almeida (11 acidentes, nenhum óbito) e rua Comendador Oeterer (10 acidentes, sem óbitos), no mesmo período de janeiro a agosto deste ano.

Leia mais  GCM e PM realizam operação integrada e encerram festas clandestinas

O levantamento começou a ser feito pela Urbes – Trânsito e Transportes em 2012 e a Itavuvu, desde então, ocupa o primeiro lugar como a avenida com maior registro de acidentes de trânsito na cidade. Os números de 2019 e dos anos anteriores confirmam. Em todo o ano passado, a via registrou 94 acidentes. Desse total, dois foram com mortes. Em 2019 ocorreram acidentes de trânsito em 487 vias de Sorocaba.

Respeitar as leis

Itavuvu lidera em acidentes de trânsito
Segundo comerciantes, os abusos de velocidade e desrespeito à lei são constantes. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (26/10/2020)

Para comerciantes da região da avenida Itavuvu, os motoristas, pedestres e motociclistas precisam ser mais conscientes e respeitar as leis de trânsito. Eles afirmam também que os motoristas, de modo geral, abusam da velocidade e acreditam que lombadas deveriam ser instaladas para diminuir a velocidade na via.

Conforme os dados da Urbes, na avenida Itavuvu, o trecho com maior ocorrência de acidentes de trânsito é até próximo ao número 500 da via. A avenida é a principal ligação da zona norte da cidade com as demais regiões e possui cerca de 14 quilômetros de extensão. A via começa na altura da UPH Zona Norte e segue até a rodovia Castelo Branco, próximo à fábrica da Toyota do Brasil. Nos horários de pico, o trânsito é intenso na Itavuvu, o que obriga os motoristas a pegarem rotas alternativas ou a testar a paciência.

Leia mais  Conselho Tutelar identifica pai que obrigou filho a comer maconha

Ao longo dos últimos anos, a avenida passou por algumas mudanças. Recentemente, houve a revitalização do asfalto e da via como um todo, com a inauguração do Corredor BRT, com 12 estações já em funcionamento desde o último dia 30 de agosto.

Para o secretário de Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico da Prefeitura de Sorocaba, a avenida Itavuvu ganhou status de uma via moderna. Já a Urbes informa que um conjunto de iniciativas influencia na redução dos acidentes de trânsito como, por exemplo, as melhorias de infraestrutura viária como sinalização e engenharia, a fiscalização de trânsito, que atua para a boa orientação e respeito às regras de trânsito e a conscientização dos condutores, por meio das ações de educação para o trânsito desenvolvidas perenemente. (Ana Cláudia Martins)

Comentários