Sorocaba e Região

Integrantes do MBL visitam o Cruzeiro do Sul

Líderes falaram da proposta da entidade, que é a defesa do indivíduo e do livre mercado
Integrantes do MBL visitam o Cruzeiro
Ítalo Moreira, Paulo Braga e Bruno Moreira. Crédito da foto: Fábio Rogério

Em visita ao jornal Cruzeiro do Sul, integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) de Sorocaba falaram da proposta da entidade que é a defesa do indivíduo e do livre mercado. De acordo com os coordenadores municipais Ítalo Moreira e Paulo Braga, sendo que o segundo é também coordenador estadual, e o membro Bruno Moreira, a sociedade só será livre quando o indivíduo for livre, mas para isso “teria que haver negociação direta entre o empresário e o funcionários, uma vez que temos excesso de regulamentações e 14 milhões de desempregados”.

Leia mais  Antissistema, MBL quer também virar partido político

 

Para os integrantes do MBL, que em Sorocaba reúne cerca de 70 simpatizantes, 77 núcleos no Estado de São Paulo, e mais de 5 mil em todo território nacional, a burocracia, com tantas leis que nem conseguem ser fiscalizadas, só cria insegurança jurídica, além de só beneficiar e amparar os grandes empreendedores: “o MBL veio para libertar o indivíduo, desestatizar e descomplicar”, disse Paulo Braga. O coordenador local, Ítalo Moreira, também acrescentou que “a burocracia é a locomotiva da corrupção”.

Quem quiser se juntar ao Movimento Brasil Livre pode entrar em contato pelo telefone (15) 98115-5768, que também é WhatsApp, e ainda pelo Facebook e Instagram do coletivo. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO