fbpx
Sorocaba e Região

Instituto pede doações para gastos com resgate de cães em Piedade

Cerca de 1.500 animais foram transferidos para abrigos nas cidades de Mairiporã e Ribeirão Pires
Em Piedade, um recorde de resgate de cães
Os cães foram resgatados do canil em Piedade. Crédito da foto: Emidio Marques

A ativista Luisa Mell, fundadora do instituto que carrega o próprio nome, está pedindo doações em dinheiro por conta dos gastos com os 1.500 cães transferidos do Canil Céu Azul, em Piedade, para abrigos nas cidades de Mairiporã e Ribeirão Pires. Os animais foram encontrados em situação de maus-tratos, muitos completamente sujos, com as patas quebradas e cegos. No local, na zona rural do município pertencente à Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), havia evidências de ração mal armazenada, além de água esverdeada e gaiolas espalhadas.

Caixas para transporte de cães são colocadas em frente à entrada do canil, em Piedade. Crédito da foto: Emídio Marques (15/2/2019)

Na última sexta-feira (15), sete ônibus fretados pelo Instituto de Proteção Animal estacionaram em frente à propriedade e aproximadamente 20 voluntários ajudaram a retirar os cães. Em uma conversa entre membros do Instituto Luisa Mell em um grupo de WhatsApp, compartilhada pela ativista nos stories do Instagram, ela descrevia que já haviam sido desembolsados quase R$ 111 mil nas primeiras 24 horas de atuação. Citava R$ 30 mil por três meses de aluguel de espaço apropriado de emergência; R$ 23 mil com vacinas; R$ 19 mil com microchips; R$ 1.550 com lâminas de tosa higiênica; e R$ 36.660 com medicamentos.

Leia mais  Cães com idade avançada também podem ter Alzheimer

 

Além dos gastos das primeiras horas de resgate, Luisa Mell estimava na conversa que seriam necessários cerca de R$ 165 mil para custear exames laboratoriais completos em todos os cães, “fora os insumos veterinários, material de limpeza, folha de pagamento dos extras e horas extras”. “Meu coração está despedaçado. É justo submeter animais a tantos maus tratos e torná-los prisioneiros para obter lucro? Eu não entendo este mundo, mas lutarei sempre para mudá-lo. Nunca imaginei resgatar 1.500 animais de uma vez! Provavelmente é o maior resgate que já foi feito! Preciso muito da ajuda de todos vocês que se importam”, escreveu a ativista no Facebook.

As contas disponibilizadas para doação são: Bradesco (Agência 1974-7 / Conta Corrente 288-7); Itau (Agência 0772 / Conta Corrente 09021-3); e Banco do Brasil (Agência 1817-1 / Conta Corrente 120.000-3).

O caso

A transferência dos 1.500 animais foi concluída no domingo (17). No sábado (17), o Canil Céu Azul chegou a ingressar com mandado de segurança no plantão judiciário de Sorocaba para tentar barrar a transferência dos cães, o que foi indeferido pela juíza plantonista Luciana Carone Nucci Eugênio Mahuad. O resgate é tratado pelos envolvidos como o maior da história em relação a animais. Quem passava pela rua de terra João Batista da Rosa, na zona rural de Piedade, dificilmente imaginava o que se passava no recinto, em funcionamento há 25 anos.

Ação judicial tenta barrar retirada de cães
Voluntários retiram os cães de canil em Piedade. Crédito da foto: Emidio Marques (15/2/2019)

Segundo informou a Polícia Ambiental na sexta-feira, a demora em constatar a situação geral do canil ocorreu pela necessidade de se ter laudos individuais dos animais. Outros aspectos também estão sendo apurados, como o impacto ambiental por conta do escoamento de esgoto. O espaço foi interditado por conta de irregularidades constatadas como instalações inadequadas com falta de higiene e organização, tamanho das baias improvisadas, medicamentos vencidos, não ter um veterinário responsável no local, dejetos escoados diretamente no solo e incineração em forno irregular. A Diretoria de Tributos e Arrecadação do município também informou que o canil não tem alvará de funcionamento, não recolhe impostos e nem tem inscrição municipal. (Esdras Felipe Pereira)

Comentários