Informação Livre

Tecnologia nas rodovias paulistas

Haverá 220 equipamentos fixos com reconhecimento óptico de caracteres e outros dois móveis para leitura de placas
Tecnologia nas rodovias paulistas
Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (10/4/2019)

O Governo do Estado anunciou que as rodovias estaduais vão receber uma operação inteligente para aumentar a segurança pública e rodoviária. Para isso, foram anunciados 1,3 mil tablets e 1,3 mil impressoras portáteis para registrar autos de infração.

Além disso, haverá 220 equipamentos em pontos fixos com OCR (reconhecimento óptico de caracteres) e outros dois móveis para leitura de placas em rodovias estaduais.

“Com a tecnologia, melhorará ainda mais o sistema de segurança pública nas rodovias paulistas. Isso agiliza processos. Com todo o sistema integrado, esses policiais terão rápido acesso aos registros criminais — como roubo, furto e alertas criminais — e administrativos dos veículos, como o IPVA e o licenciamento”, disse o governador João Doria, durante entrevista coletiva.

O sistema contará ainda com uma Central do DER conectada aos bancos de inteligência da PM (Copom), Polícia Civil, Justiça, Detran (Prodesp) e do próprio DER. Todos os tablets já estão em uso. Há no Estado 548 equipamentos OCR em operação, e outros 220 estarão em funcionamento até novembro.

Exoneração em Votorantim

Em Votorantim houve a necessidade de intervenção do Judiciário para que um assessor parlamentar fosse exonerado. Segundo o que argumentou no processo o vereador José Antônio de Oliveira, o Gaguinho, o presidente da Casa, Alison Andrei Pereira de Camargo (Pastor Lilo), não estava atendendo aos pedidos do parlamentar. Na decisão, a juíza Graziela dos Santos Biazzim considerou também que o pedido exoneração do ocupante do cargo e a nomeação de novo assessor não estavam sendo atendidos pelo presidente da Câmara de Vereadores e considerando-se que o ato de nomeação é pessoal, a situação estava configurando o perigo na demora ou dano irreparável ou de difícil reparação. Assim, foi determinada a exoneração do servidor, além da nomeação de outra pessoa indicada pelo vereador. A Câmara de Votorantim afirmou que já atendeu a medida judicial e que houve a contratação de um novo assessor, nomeado dia 5 deste mês.

Leia mais  IPTU complementar lota Casa do Cidadão

Audiência pública em Itu

Uma audiência pública sobre o Programa de Regularização de Imóveis na Estância Turística de Itu será realizada, na segunda-feira (19), às 18h, no auditório da Prefeitura. O programa de regularização fundiária é considerado o maior da história do município e será viabilizado por meio de projeto de lei de autoria do prefeito Guilherme Gazzola (PTB), que em breve será submetido à apreciação e aprovação do Legislativo ituano. O projeto de lei complementar institui no âmbito do município o Programa de Regularização Fundiária de Assentamentos Irregulares.

Escolha da mãe

Os deputados paulistas aprovaram na quinta-feira (15) em plenário da Assembleia Legislativa , por 58 votos favoráveis e 20 contrários, proposta de autoria da deputada Janaina Paschoal (PSL), que prevê que a mulher faça a escolha na rede pública de saúde da cesariana em vez do parto normal, após a 39ª semana de gestação. “Nunca houve por parte dos médicos qualquer preconceito para com a cesariana. Ocorre que, nos últimos anos, ganhou força entre formadores de opinião a ideia de que o parto normal e, em especial, o parto natural, seriam melhores que a cesariana. A autonomia individual confere à gestante o direito de, bem orientada pelo médico que a acompanha, escolher o tipo de parto de sua preferência”, argumenta a deputada. Segundo ela, não há estudo que correlacione a cesárea realizada a pedido da gestante, antes do início do trabalho de parto, com o resultado morte da mãe e/ou morte do concepto. A história da cesárea se desenvolve paralelamente à diminuição da mortalidade materna e da mortalidade infantil, e é importante isso ser considerado pela mulher, ela acrescenta.

Comentários

CLASSICRUZEIRO