Informação Livre

É tudo que você precisa

Novo portal do Cruzeiro do Sul cada vez mais completo com notícias locais e da região
Crédito da foto: Reprodução

O novo portal do Cruzeiro do Sul está ficando cada vez mais completo, atual e com muita informação local e da região. Notícias sempre atualizadas, artigos de colunistas locais e de projeção nacional, fotos, vídeos com muitas entrevistas que você só encontra aqui, de interesse da sua cidade. Acesse e conte para mais gente: jornalcruzeiro.com.br ou pelo QRCode.

Perda de recursos

Sorocaba perdeu recursos federais da ordem de R$ 1 milhão por não apresentar projeto para obtenção de emenda impositiva destinada pelo deputado federal Vitor Lippi (PSDB). Diante da informação de que a cidade tem outros quase R$ 2 milhões em emendas que também podem estar rumando para o desperdício, a Câmara encaminhou requerimento que cobra os procedimentos realizados pelo Executivo para garantir a captação de recursos federais e estaduais e pede um mapeamento dos processos que estão atualmente em andamento em todas as secretarias. A emenda impositiva perdida por Sorocaba liberava R$ 987 mil para obras de infraestrutura na cidade. A informação veio do Ministério das Cidades de que o município tem outras emendas que poderão ser perdidas por falta de apresentação de projetos, entre elas: R$ 275.520 para recapeamento; mais R$ 245.850 para recapeamento; mais R$ 690.900 para recapeamento; e outros R$ 447.747,62 para acessibilidade em equipamentos públicos. O requerimento pergunta ainda como a Prefeitura controla o andamento dos procedimentos para cumprir com excelência e agilidade todas as exigências dos órgãos federais e estaduais e questiona se há funcionários destacados exclusivamente para acompanhar os trâmites e, consequentemente, cobrar dos demais servidores as exigências legais.

Leia mais  Projetos do MBL estimulam empreendedorismo

Lei que proíbe canudos plásticos é sancionada

Na edição de quinta-feira (1) do Jornal do Município, o prefeito de Sorocaba, José Crespo (DEM), sancionou a lei nº 11.826/2018, de autoria do vereador Fernando Dini (MDB) que proíbe a utilização de canudos feitos de plástico, exceto os biodegradáveis, em restaurantes, bares, quiosques, ambulantes, hotéis e similares autorizados pela Prefeitura e a fornecerem canudos de papel biodegradável e/ou reciclável individual e hermeticamente embalados com material semelhante. O prazo para adequação é até agosto de 2019. Com a nova lei, os canudos alternativos devem ser fornecidos apenas se houver a solicitação do cliente, sendo proibida a entrega espontânea e a exposição de livre acesso. O descumprimento da lei acarreta em advertência e intimação para cessar a irregularidade, na primeira autuação. Na segunda, multa no valor de 120 Ufesps (R$ 3.084). Na terceira autuação, multa no dobro do valor da primeira autuação e assim sucessivamente. Em meio à busca por alternativas ao plástico, outras opções já vêm sendo usadas, como canudos de papel, metálico, bambu, vidro e até comestíveis.

Leia mais  Karnal faz abertura de Prêmio Inovação

Audiência pública

Uma pesquisa inédita sobre a idade inicial de experimentação de álcool e drogas por crianças e adolescentes nas escolas de Sorocaba será tema de audiência pública na Câmara no dia 9 próximo, às 10h. O estudo realizado pelo grupo Coalizão Sorocaba, com participação de 1.537 alunos, constatou indicadores relevantes de consumo de drogas nas escolas, como idade inicial de experimentação, motivações, formas de acesso e padrões de uso. Participarão da audiência pública representantes do governo estadual, Prefeitura de Sorocaba, Poder Judiciário, Ministério Público, dos conselhos municipais, de clínicas de reabilitação e demais entidades que atuam na prevenção do uso de álcool e drogas.

Comentários

CLASSICRUZEIRO