Informação Livre

Dois projetos criam ‘Samu Animal’ em Sorocaba

Projeto quer atendimento 24 horas para animais de rua que tenham sido atropelados em via pública
Dois projetos criam ‘Samu Animal’
Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (17/12/2019)

Entre os projetos de lei em primeira discussão em pauta na sessão desta terça-feira (10) da Câmara Municipal estão duas propostas de criação do “Samu Animal” em Sorocaba. Samu é a sigla de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

O primeiro deles é de autoria do vereador Luis Santos (Pros), que prevê a criação do “Samu Animal”, com funcionamento 24 horas, para animais de rua que tenham sido atropelados em via pública, estejam em situação de risco, estejam colocando o trânsito de veículos ou pessoas em risco ou que tenham sofrido maus-tratos.

O segundo trata do mesmo tema e é de autoria do vereador Fausto Peres (Podemos).

Mais carros alugados

A Prefeitura de Sorocaba deu publicidade nesta segunda-feira (9) ao resultado final de um pregão eletrônico cujo objeto é a locação de viaturas adaptadas e caracterizadas para uso da fiscalização de posturas municipais e da Guarda Civil Municipal. A contratada foi a empresa Podium Distribuidora Eireli. O valor é de R$ 1.325.238,48. O tempo do contrato não foi informado.

Distúrbios do sono na escola

A Câmara de Sorocaba realiza nesta terça-feira (10) audiência pública com o tema “Impacto dos distúrbios do sono na escola”. O evento ocorrerá, a partir das 19h30, no plenário da Câmara e haverá transmissão pela TV Legislativa no canal 31.3 e pelas redes sociais no Facebook e Youtube. A iniciativa é do vereador Hélio Brasileiro (MDB).

Leia mais  Câmara de Sorocaba testa sessão virtual

Ações integradas

As ações integradas entre a Guarda Civil Municipal (GCM) e as polícias Militar, Civil e Federal visando garantir a segurança do patrimônio público e da população, sobretudo no combate aos chamados “pancadões” e perturbações do sossego, cresceram cerca de 60% nos últimos dois anos, entre 2017 e 2019. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (9) pela Secretaria de Segurança Urbana. Ao longo de 2017, foram realizadas 88 ações desse tipo ante 143 realizadas no ano passado. Ações deverão se intensificar ainda mais nos próximos dias.

Reunião da segurança

O balanço das ações foi divulgado durante uma reunião entre a prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho (sem partido) e os representantes dos órgãos de segurança pública na cidade, que compõem o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM). O gabibete é formado por representantes das polícias Civil, Militar e Federal, além da GCM, Corpo de Bombeiros e Secretarias de Segurança Urbana e Defesa Civil.

Leia mais  Câmara de Votorantim realiza sessão on-line

Para o TCE

Segundo levantamento parcial divulgado pela Divisão de Auditoria Eletrônica do Estado de São Paulo (Audesp), 87,7% das prefeituras paulistas concluíram o preenchimento e o envio dos dados relativos à composição do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEG-M) do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP). O estudo mostra que das 644 prefeituras fiscalizadas pelo TCE, 565 completaram integralmente o questionário dentro do prazo, que se encerrou às 23h59 do dia 27 de fevereiro. Até a semana passada, 76 municípios não haviam finalizado todos os formulários e três não tinham iniciado o preenchimento dos dados que passarão por análise e validação da Corte de Contas.

Comentários