Informação Livre

Conversa com o Leitor

Veja a entrevista com o presidente da Unimed Sorocaba, José Moron
O editor-chefe do jornal Cruzeiro do Sul, Romeu-Sérgio Osório, e o médico José Francisco Moron Morad, presidente da Unimed Sorocaba. Crédito da Foto: Reprodução/TVC
O editor-chefe do jornal Cruzeiro do Sul, Romeu-Sérgio Osório, e o médico José Francisco Moron Morad, presidente da Unimed Sorocaba. Crédito da Foto: Reprodução/TVC

Conforme prometido, o leitor pode assistir, em vídeo, à conversa que o presidente da Unimed Sorocaba, José Moron, teve com o Editor-Chefe do Jornal Cruzeiro do Sul sobre a modernização do hospital e aumento em princípios de segurança para o paciente. Acesse aqui.

Voto digital

A biometria para votar passou a ser obrigatória em mais 20 cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS). Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), o cadastro biométrico passou a ser obrigatório em mais 478 municípios do Estado. Com isso, os eleitores dessas cidades já podem agendar o atendimento, por meio do site do TRE ou nos cartórios eleitorais e fazer a identificação da biometria. Na RMS, as cidades são: Alambari, Alumínio, Araçariguama, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itapetininga, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Sarapuí, São Roque, Tapiraí e Tatuí. O prazo para fazer o cadastro termina em 19 de dezembro. É necessário apresentar RG, título eleitoral (se tiver) e comprovante de endereço recente. Os eleitores com 70 anos ou mais não são obrigados ao cadastramento.

35 milhões de eleitores

A Justiça Eleitoral quer realizar o cadastramento biométrico de mais 35 milhões de eleitores no biênio 2019/2020. Somente este ano, os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) trabalham para cadastrar 25 milhões de cidadãos. A biometria é uma tecnologia que confere mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação, tornando praticamente inviáveis fraudes na identificação do votante. O leitor biométrico confirma a identidade de cada cidadão por meio de impressões digitais únicas, armazenadas em um banco de dados da Justiça Eleitoral. Nas Eleições Gerais de 2018, aproximadamente 60% do eleitorado nacional, isto é, 87,3 milhões de cidadãos, fizeram uso da tecnologia de reconhecimento individual por meio das impressões digitais na hora de votar. Até as eleições municipais de 2020, o TSE espera realizar o cadastramento biométrico de 117 milhões de eleitores. A previsão da Justiça Eleitoral é concluir até 2022 a coleta das digitais de todo o eleitorado nacional, que conta hoje com cerca de 147,3 milhões de pessoas.

Sebrae em Itu

O Sebrae Aqui, de Itu realizou 1.854 atendimentos em 2018. Inaugurado em dezembro de 2017, o posto de atendimento ajuda a tirar dúvidas tanto de quem planeja a abertura do próprio negócio quanto empresários em busca de melhorias na empresa. O Sebrae Aqui funciona em parceria com a Prefeitura de Itu, Associação Comercial e Sincomércio de Itu. Ele faz parte da estratégia de expansão de atendimento presencial do Sebrae-SP com o objetivo de fortalecer a economia e estimular o empreendedorismo local. No ano passado, além dos atendimentos individuais, foram realizadas 13 atividades coletivas, como oficinas e palestras sobre formalização, atendimento e fluxo de caixa.

Aproximação

“O posto de atendimento na cidade aproxima ainda mais o empreendedor da informação e capacitação, pontos essenciais para o sucesso do negócio. Estamos de portas abertas e queremos que mais pessoas nos procurem em busca de orientação em 2019”, afirma o gerente regional do Sebrae-SP, Alexandre Martins. A unidade fica na avenida Itu 400 Anos, 111, no Itu Novo Centro, das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira, telefone (11) 4023-5267/6104.

Comentários

CLASSICRUZEIRO