Informação Livre

Convênio com a Santa Casa vai custar mais de R$ 9 milhões

Parceria tem como objeto a integração da instituição na rede regionalizada e hierarquizada SUS
Convênio com a Santa Casa vai custar mais de R$ 9 milhões
Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (24/9/2020)

Foi publicado nesta terça-feira (3) pela Divisão de Administração de Convênios Secretaria da Saúde o extrato de Termo de Prorrogação de Convênio com a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba. A parceria tem como objeto a integração da instituição na rede regionalizada e hierarquizada SUS, bem como a prestação de serviços de saúde ambulatoriais e hospitalares a pacientes da rede pública. O prazo é de um mês e a assinatura ocorreu no dia 28 de outubro. O valor é de R$ 9.149.999,07.

Orçamento

O projeto de lei número 166 de 2020, de autoria do Executivo, que estima a receita e fixa a despesa do Município de Sorocaba para o exercício de 2021 será votado em primeira discussão na 33ª sessão ordinária desta quarta-feira (4) na Câmara Municipal de Sorocaba.

A sessão será realizada virtualmente, a partir das 9h. Com receita total estimada em R$ 3,069 bilhões, o projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) recebeu 37 emendas parlamentares em primeira discussão, destinadas a obras e serviços em diversas áreas. Como prevê o Regimento Interno da Casa, trata-se da única matéria na ordem do dia.

Leia mais  Prestação de contas em saúde

Distribuição

A despesa estimada da administração direta totaliza R$ 2,088 bilhões, enquanto a da administração indireta soma R$ 842,2 milhões. A Secretaria da Educação apresenta a maior despesa, estimada em R$ 593,7 milhões, seguida pela Secretaria da Saúde, com R$ 544,4 milhões, e pela Secretaria de Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico, com R$ 248,2 milhões.

Quando discriminada por funções, as maiores despesas se distribuem entre Educação (R$ 606 milhões), Saúde (R$ 553 milhões), Saneamento (R$ 411 milhões), Urbanismo (R$ 379 milhões), Administração (R$ 374 milhões) e Previdência Social (R$ 366 milhões).

Manutenção semafórica

A Urbes divulgou nesta terça-feira (3) três extratos com ordens de fornecimento relacionado aos registros de preços para fornecimento de materiais para implantação e manutenção semafórica da cidade. São três empresas contratadas para três lotes. O valor, das três ordens, está próximo de R$ 640 mil. O maior e de R$ 376 mil.

Na Alesp

Deputados da CPI das Quarteirizações deverão receber, em reunião marcada para as 10h desta quarta-feira (4), Wilson Mello Neto, presidente da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade (Investe SP).

Leia mais  Quase 1,9 mil exames realizados

Na mesma ocasião os parlamentares também devem ouvir o médico anestesista Cleudson Garcia Montali. A reunião será transmitida ao vivo pela Rede Alesp na TV aberta e também no YouTube.

Comentários