Informação Livre

Biometria continua

O cadastramento biométrico está disponível em todos os cartórios eleitorais do Estado de São Paul
Foto: Erick Pinheiro / Arquivo JCS

Com o término das eleições 2018 e a retomada do atendimento pela Justiça Eleitoral, o eleitor pode se antecipar e fazer a biometria com tranquilidade antes de que ela se torne obrigatória em seu município. Lembrando que, em Sorocaba, o cadastro biométrico já foi utilizado no último pleito e quem não realizou o procedimento não votou. O cadastramento biométrico está disponível em todos os cartórios eleitorais do Estado de São Paulo e também nas unidades do Poupatempo com atendimento eleitoral. O procedimento envolve coleta das digitais, fotografia e atualização dos dados pessoais. O objetivo é tornar mais seguro o processo de identificação de cada cidadão no momento do voto, já que as digitais de cada pessoa são únicas. Nas cidades onde a biometria ainda não é obrigatória, adiantando-se, o cidadão evita filas e eventuais transtornos que possam surgir com a obrigatoriedade. O agendamento on-line do dia e horário é necessário. É necessário apresentar documento oficial de identificação, comprovante de residência em nome do eleitor com no máximo três meses e título eleitoral, caso tenha.

Novo gestor do CHS

A pedido da Comissão de Saúde, a nova diretoria do Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci-SP), que assumiu a gestão do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) há 11 dias, se reuniu na manhã de ontem com os vereadores na Câmara de Sorocaba. Após sabatinarem o novo superintendente do CHS, Paulo Quintaes, os parlamentares propuseram a realização de uma audiência pública (ainda sem data definida) para apresentação do planejamento da equipe e dos termos do contrato de 60 meses firmado com o governo estadual em 31 de agosto. O CHS atende 48 municípios da região. Reposição de insumos, contratação de funcionários, gestão dos servidores públicos do hospital, realização de cirurgias atrasadas, alimentação para os pacientes e outros problemas de infraestrutura e atendimento dos hospitais foram abordados pelos parlamentares.

Transição

“Foram dois meses de transição, temos uma ideia macrocóspica. Nos próximos dois meses vamos entrar no gerenciamento de cada setor e teremos o quadro plenamente desenhado nos próximos 30 dias para iniciar o processo de contratações. A partir de janeiro teremos o quadro completo”, ressaltou o médico Paulo Quintaes. Além do presidente da Comissão de Saúde e do superintendente do Seconci-SP, participaram da reunião na Câmara a vice-presidente do Seconci- SP, Maristela Honda, o gerente jurídico Piétro Sidoti e a coordenadora jurídica, Andreza Nazuti, assim como sete vereadores, além de assessores de outros parlamentares.

Viagens corporativas

A Prefeitura de Sorocaba contratou por 12 meses, no valor de R$ 200 mil, uma empresa de agenciamento sistematizado de viagens corporativas, com sede em Santos, no litoral paulista, para a aquisição de passagens aéreas nacionais e internacionais, após a realização de licitação. No total, três empresas participaram do processo e a vencedora foi a empresa Facto Turismo Eireli ME. A contratação da empresa, cujo documento foi assinado entre as partes em agosto deste ano, foi publicada na edição do Jornal do Município da última sexta-feira. Segundo o documento, são R$ 150 mil para 300 passagens em território nacional (classe econômica) e mais R$ 50 mil para 100 passagens internacionais (classe econômica), durante a vigência do contrato, que é a estimativa de consumo pela Prefeitura em um ano. Entre as funções da contratada descritas no documento está “prestar, por meio do sistema de gestão de viagens corporativas, os serviços transacionais de emissão, reemissão (alteração/remarcação) e cancelamento de bilhetes de passagens aéreas nacionais, bem como providenciar as atividades conexas de contratação de seguros de viagem e bagagem”.

Comentários