Informação Livre

Ação contra queimadas vai à feira

Exemplares taxidermizados de animais de seis espécies da região que sofrem com incêndios foram expostos
Ação contra queimadas vai à feira
Crédito da foto: Secom Sorocaba

Uma ação educativa contra queimadas foi promovida nesta sexta-feira (30) na feira livre do São Guilherme pela Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema).

Exemplares taxidermizados (empalhados) de animais de seis espécies da região que sofrem com incêndios foram levados: tamanduá-bandeira, tatu-galinha, jabuti, teiú, pica-pau-do-campo e o ouriço-cacheiro.

Neste sábado (30), a mesma atividade estará na feira livre de Brigadeiro Tobias.

Advertências na Alesp

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa de São Paulo, presidido pela deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB), aprovou duas advertências ao deputado Douglas Garcia (PSL) na reunião da quarta-feira (28), após analisar representações movidas pelas deputadas Érica Malunguinho (Psol) e Professora Bebel (PT). Uma punição a um deputado na Alesp não ocorria havia 20 anos, ou seja desde 1999. Para Maria Lúcia, foi “dado um grande avanço para que os deputados se respeitem mais durante os trabalhos na Assembleia Legislativa”.

Resíduos sólidos

O deputado federal Guiga Peixoto (PSL), de Tatuí, presidiu na quinta-feira (29) uma audiência pública sobre a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara Federal. Um dos convidados para falar sobre o assunto na audiência foi o presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana, Márcio Matheus, que elogiou a iniciativa do deputado.

Leia mais  Entidades recebem computadores

Arquivado

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) arquivou um inquérito de 2017 que tratava da questão envolvendo o diploma da então servidora comissionada da Prefeitura de Sorocaba Tatiane Polis. O prefeito cassado José Crespo (DEM) era um dos investigados. O promotor Orlando Bastos afirmou que não houve evidências suficientes, por exemplo, na participação do então prefeito. O promotor também descartou a possibilidade de ação de indenização no caso. Segundo ele, as verbas envolvidas tinham natureza alimentar, além do que não houve indícios de que os serviços não foram prestados. O procedimento foi arquivado em 24 de julho. As notificações sobre o arquivamento foram entregues neste mês.

Daesp

O Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) comentou nesta sexta-feira (30), por meio de nota, matéria publicada também nesta sexta-feira (30) pelo Cruzeiro do Sul sobre aeronaves hangaradas ou estacionadas supostamente de forma irregular em hangares do aeroporto. “Sobre a reportagem ‘Aeronaves estariam estacionadas irregularmente no aeroporto local’, publicada na sexta-feira (30), o título da matéria leva o leitor a um erro. O Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo não registrou nenhuma irregularidade que pudesse comprometer a segurança das operações dentro da sua área e reitera ainda que atua e opera respeitando todas as normas regulamentas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)”. Na ocasião da matéria, a Prefeitura de Sorocaba afirmou que averiguaria a situação.

Leia mais  Prefeitura tem mais uma troca de secretário

Favorável

A reportagem publicada quarta-feira (28) pelo Cruzeiro do Sul sobre o projeto de autoria do vereador Hélio Brasileiro (MDB), que proíbe empresas com processos criminais a participar de licitações junto à Prefeitura de Sorocaba e Câmara Municipal, o texto lembrou que o projeto recebeu parecer inconstitucional do Jurídico da Câmara. Vale destacar, porém, que a Comissão de Justiça foi favorável ao andamento do projeto, que envolve contratos administrativos de obras, serviços, compras e outros, sendo que as empresas não poderão ter processos criminais por tráfico de influência, perturbação e fraude de concorrência.

Comentários

CLASSICRUZEIRO