Sorocaba e Região

Idosa supera câncer e vira ‘blogueira da terceira idade’ em Itu

Sueli soma mais de 30 mil seguidores no Instagram e o trabalho na internet já rendeu parcerias com algumas lojas
Sueli Rodrigues é ‘blogueira da terceira idade’. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

Energia e muita vitalidade. Essas certamente são as palavras que definem Sueli Rodrigues, moradora de Itu, prestes a completar 70 anos, que superou um câncer e se tornou “blogueira da terceira idade”, com o perfil no Instagram “Blog da Su 70”. Funcionária da Câmara Municipal de Itu, ela atua como agente de segurança há 12 anos e não abre mão do bom gosto para compor os “looks” de trabalho.

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, nesta sexta-feira (8), o jornal Cruzeiro do Sul conta como a ideia despretensiosa ajudou na autoestima da idosa e a combater a depressão, consequência da doença. A influenciadora digital soma mais de 30 mil seguidores no Instagram, rede social de fotos, e o trabalho na internet já rendeu parcerias com algumas lojas.

Foto: Reprodução/Instagram

Antes de se tornar inspiração para centenas de pessoas, Sueli enfrentou um câncer no estômago e, por isso, precisou retirar 80% do órgão. A operação foi um sucesso, mas fez com que ela perdesse os cabelos e peso muito rápido, o que acarretou em problemas de autoestima. “Perdi cerca de 10kg. Eu não podia perder tudo isso pois já pesava 54kg”, disse Sueli.

A descoberta do câncer aconteceu em março de 2017, depois de fazer uma bateria de exames por sentir dores no estômago. “Sentia uma queimação muito grande, mas pensei que era gastrite.” Segundo a idosa, como a doença foi descoberta na fase inicial, o tratamento foi mais eficaz, mas ela precisou se afastar do emprego.

Com o diagnóstico em mãos, Sueli foi encaminhada para um hospital de Jaú e passou três meses fazendo quimioterapia cinco dias por semana. Ao passo que o tratamento progredia, os cabelos iam caindo, situação que fazia ela se sentir deprimida. Junto de amigos, ela tomou a decisão de raspar a cabeça.

Fotos são tiradas pela amiga em uma fábrica desativada – Foto: Arquivo Pessoal

“Quando raspei me senti livre e leve, só usava lenço para dar um ‘tchan’! Eu gostava de mostrar minha carequinha”, lembra.

No dia 4 de setembro de 2018 Sueli foi para o centro cirúrgico e explica que fez uma espécie de cirurgia bariátrica, procedimento que diminui o tamanho do estômago. Cerca de dois meses depois, recebeu alta e já estava ansiosa para voltar ao trabalho. “Falei para o médico: posso trabalhar? Aí ele disse: ‘se você aguentar, pode sim’.”

“Voltei a trabalhar em 3 de novembro. Depois disso fui me fortificando. Foi tão fantástico que não tomo nenhum remédio! Só tomo uma injeção a cada três meses”, disse Sueli.

Inspiração na internet

Quando Sueli retornou ao trabalho, a amiga jornalista e assessora de comunicação da Câmara, Graziela Primiani, percebeu que ela estava chateada com a perda de peso, mas ainda mantinha o figurino impecável para ir ao trabalho. Daí veio a ideia de montar o “Blog da Su 70”, onde são postadas fotos da idosa tiradas pela jornalista.

“Como o nosso uniforme ficou meio defasado, há cerca de dois meses permitem que a gente vá com roupas normais. E a Grazi sempre gostou do jeito que eu me vestia, aí ela falou: ‘vamos tirar umas fotos?'”

Sueli inspira mulheres nas redes sociais. Crédito da foto: Reprodução/Instagram

As fotos publicadas começaram a fazer sucesso no Instagram e Sueli ganhou rapidamente ‘seguimores’, como ela chama. Apesar da vida de blogueira, ela afirma que não pretende deixar o trabalho na Câmara. Graziela esclarece que as fotos são feitas em uma fábrica próxima do local de trabalho, uma fábrica desativada, todas durante o horário de almoço, para não atrapalhar o expediente.

“A gente fez o blogue meio que na brincadeira. E aí fomos alimentando o Instagram, que está fazendo muito bem para ela”, disse Graziela.

O trabalho da dupla tem motivado diversas mulheres que enfrentam o câncer e entram em contato para contar suas histórias e dizer que se sentem inspiradas por Sueli. “Acabamos alcançando um público que a gente nem esperava. Recebemos mensagens de pessoas que estavam em depressão e falam que se sentiram inspiradas. A gente faz questão de responder todas as mensagens que chegam”, disse a jornalista.

Crédito da foto: Arquivo Pessoal

Para a idosa, enfrentar a doença a tornou uma pessoa melhor e a fez enxergar a vida de outra maneira. “Cada coisa que faço vejo o que tem de melhor ali, nunca vejo o lado mal das coisas. Queria que todo mundo que passasse por essa infame doença tivesse a recuperação que tive e não se deixe abater, não pense que vai ser o fim.”

Além disso, faz questão de respondê-las e assim “dar a elas um pouco de alegria, um pouco de esperança e dizer que se eu consegui elas também vão conseguir.”

“O que mais vale é a saúde, é poder viver planamente seu dia e se sentir bonita. O empoderamento para a mulher é a saúde”, declarou Sueli.

 

Comentários

CLASSICRUZEIRO