Covid-19 Sorocaba e Região

Hospitais de Votorantim, Pilar do Sul e Ribeirão Branco terão novos respiradores

As três cidades integram o Departamento Regional de Saúde (DRS) de Sorocaba
Hospitais de Votorantim, Pilar do Sul e Ribeirão Branco terão novos respiradores
Fachada do Hospital Municipal de Votorantim. Crédito da foto: Vinicius Fonseca (3/7/2020)

Três cidades integrantes do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Sorocaba receberão oito respiradores do governo do Estado. São elas Votorantim, Pilar do Sul e Ribeirão Branco.

Os equipamentos serão distribuídos para a Santa Casa de Pilar do Sul (2), Hospital Municipal Maria Rosa Cardoso (2), de Ribeirão Branco, e para o Hospital Municipal de Votorantim (4). O envio foi realizado nesta segunda-feira. “Já distribuímos mais de 2.500 respiradores em hospitais de todo Estado. Isso contribui para a abertura de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ampliando assim a rede de assistência para os casos graves da Covid-19”, diz o titular da Secretaria de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Conforme o Estado, os respiradores enviados para os hospitais passam por um processo completo de preparação e testagem. O trabalho é feito no Complexo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, no Centro de Convenções Rebouças, na capital paulista.

No local, dezenas de equipamentos são desembalados, verificados, montados, testados, calibrados e rechecados diariamente. Depois desse processo, são encaminhados para os hospitais já em condições de uso imediato, com a exigência de que sejam instalados e usados para assistência aos pacientes com coronavírus.

A distribuição é técnica e feita para os locais com maior demanda de internações de casos da Covid-19, com estrutura e condição de abertura de novos leitos. Isso permite a ampliação da rede e da capacidade de atendimento.

Novas remessas

De acordo com o governo estadual, novas remessas de respiradores serão entregues no decorrer de julho. Permitindo, assim, um redirecionamento contínuo a outros municípios e hospitais de referência de todo o Estado.

A cidade de Votorantim, por exemplo, próxima a Sorocaba, começou nesta segunda-feira (6) medidas mais rígidas em relação ao funcionamento do comércio. Isso porque, na semana passada, a cidade enfrentou a ocupação de 100% dos leitos de UTI nos dois hospitais do município, além dos aumentos dos casos e óbitos por Covid-19.

Segundo a Prefeitura de Votorantim, o aumento do número de pessoas infectadas pela doença na cidade, desde o dia 1º de junho, foi de 310%. Já a quantidade de óbitos em 100%, no mesmo período.

Votorantim confirma mais duas mortes

Nesta segunda-feira (6), a Secretaria da Saúde (Sesa) de Votorantim registrou mais duas mortes por Covid-19, totalizando 26 óbitos. Um homem de 70 anos, com comorbidades, e uma mulher de 77 anos tiveram suas mortes confirmadas nos dias 4 e 6 de julho, respectivamente.

A pasta afirma ainda que foram registrados mais 28 casos confirmados do novo coronavírus, totalizando 613. Desses, 363 estão recuperados, 185 estão em isolamento domiciliar e 39 estão internados, sendo seis em UTI.

Ainda de acordo com o balanço do Departamento de Vigilância em Saúde, 132 casos são suspeitos e aguardam os resultados, dos quais 121 estão em isolamento domiciliar e 11 estão internados, sendo 1 em UTI. Já das 2.363 notificações, 1.618 foram descartadas. A Sesa destaca que todos os pacientes internados não estão, necessariamente, em Votorantim, uma vez que há pacientes com convênios ou atendimentos fora da cidade.

 

Com o aumento no número de casos, a Sesa segue com orientação à população para que evite sair de casa e, se sair, faça uso máscara e tome todos os cuidados necessários. Além disso, o uso de máscaras caseiras é obrigatório e passível de multas. (Ana Cláudia Martins)

Comentários