Sorocaba e Região

Homicídios, latrocínios e roubos recuam, diz SSP

Mas os índices de estupros e furtos em geral estão em alta na região de Sorocaba
Homicídios, latrocínios e roubos recuam, diz SSP
Os dados são computados a partir das ocorrências atendidas pelas polícias paulistas. Crédito da foto: Fábio Rogério (15/12/2020)

A região de Sorocaba terminou o mês de fevereiro com redução nos casos e vítimas de homicídio doloso e latrocínio, bem como nos roubos em geral, de cargas e de veículos, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-SP). O indicador de furtos de veículos também caiu e os de roubo a banco e extorsão mediante sequestro permaneceram estáveis, sem o registro de ocorrência.

Houve três casos e três vítimas a menos de roubo seguido de morte no segundo mês do ano, se comparado a igual período de 2020. Ambos os indicadores passaram de 3 para 0. Nos homicídios a queda foi de duas ocorrências e uma vítima. A quantidade de boletins passou de 14 para 12 e o de mortes, de 14 para 13.

Com isso, as taxas dos últimos 12 meses (de março de 2020 a fevereiro de 2021) ficaram em 6,55 casos e 6,97 vítimas de homicídio doloso para cada grupo de 100 mil habitantes. Em contrapartida, os estupros subiram 9,5% em fevereiro de 2021, se comparados a igual mês do ano passado. O número passou de 95 para 104.

Leia mais  Motorista de aplicativo é esfaqueado durante assalto em Itu

Os furtos de veículos tiveram a menor quantidade de ocorrências no mês passado, se analisada a série histórica, iniciada em 2001. O indicador recuou 26,5% — passou de 238 para 175 63 a menos.

Situação diferente foi verificada com os furtos em geral, que cresceram 6,3% em fevereiro deste ano, se comparados ao segundo mês de 2020. O número passou de 1.661 para 1.765 104 a mais.

Os roubos em geral e de veículos, por sua vez, também tiveram as menores quantidades da série. O primeiro recuou 33,1%, passando de 363 para 243. O segundo caiu 39,4%, passando de 71 para 43.

Nos roubos de cargas, a diferença foi de um boletim. O número reduziu de 6 para 5.

Pela terceira vez consecutiva, o indicador de roubo a banco ficou zerado. Também não houve ocorrência de extorsão mediante sequestro no período, assim como ocorre desde o início da série histórica em um mês de fevereiro.

O trabalho das polícias paulistas na região de Sorocaba, no mês passado, resultou em 1.195 prisões e na apreensão de 61 armas de fogo ilegais. Também foram registrados 276 flagrantes por tráfico de entorpecentes. (Da Redação, com informações da SSP)

Comentários