Sorocaba e Região

Corpo de homem é encontrado em linha férrea de Mairinque

Pelas circunstâncias do acidente, tudo indica que a vítima foi atingida por um trem
Crédito da foto: Wikimedia Commons

Atualizada às 12h54

O corpo de um homem foi encontrado ao lado de uma linha férrea situada em Mairinque, Região Metropolitana de Sorocaba. A vítima foi achada na manhã desta quinta-feira (25) no Vale da Esperança, perto da estação desativada Engenheiro Acrísio.

Pelo estado da vítima, tudo indica que o homem tenha sido atingido por um trem. A Rumo – fusão entre a Rumo Logística (Grupo Cosan) e a antiga América Latina Logística (ALL) – confirmou a morte, informou que o corpo foi achado perto da linha férrea, mas não havia sido registrada nenhuma ocorrência no período da manhã.

Segundo os Bombeiros de Sorocaba, a presença do corpo na ponte férrea foi notificada por volta das 10h. Já a Rumo informou à corporação que a última composição passou pelo local às 5h.

A vítima, de acordo com os bombeiros, é um homem de aproximadamente 40 anos. O local foi isolado para a chegada da perícia técnica.

Leia mais  Votorantim decreta situação de emergência por coronavírus

Por meio de nota, a concessionária reforçou que é proibida a circulação de pessoas em área operacional da ferrovia. “E pegar carona nos trens é uma atividade irregular, com risco de morte. Campanhas de segurança e conscientização são realizadas frequentemente com o objetivo de combater e alertar sobre os riscos do surfe ferroviário”, ressalta a empresa.

Em Sorocaba

Na quarta-feira (24), um acidente quase terminou em tragédia no Parque Esmeralda, na zona oeste de Sorocaba. A motorista de um automóvel Ford Fiesta tentou atravessar a linha férrea, mas o veículo acabou atingido na lateral direita por um trem.

Ninguém ficou ferido no acidente. Segundo a Rumo – fusão entre a Rumo Logística (Grupo Cosan) e a antiga América Latina Logística (ALL) -, a circulação de trens não foi afetada.

Por meio de nota, a Rumo informou que o acidente ocorreu “por irresponsabilidade do motorista que tentou cruzar a ferrovia em um local proibido no momento em que o trem se aproximava”. Segundo a empresa, o maquinista acionou o freio de emergência, mas não foi possível parar o trem a tempo.

Leia mais  Prefeitura de Itapetininga anuncia conjunto com medidas emergenciais contra coranovírus

A Rumo ainda informou que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a linha férrea é sempre preferencial. A motorista não foi encontrada para comentar o acidente.

Comentários