Sorocaba e Região

Gradis retirados para obra do BRT são reaproveitados em Sorocaba

Urbes informou que há recuperação de itens de segurança e placas de trânsito removidos por causa do BRT
Gradis retirados para obra do BRT são reaproveitados
Placas e gradis em trecho da avenida Itavuvu serão reutilizados em outros lugares. Crédito da foto: Fábio Rogério (27/7/2020)

Devido à implantação do sistema de transporte público Bus Rapid Transit (BRT) em Sorocaba, placas de trânsito e gradis precisaram ser removidos em diversos pontos da cidade. No trecho de obras da avenida Itavuvu, zona norte, os itens de sinalização viárias e segurança foram retirados próximo à antiga Área de Transferência e deixados na calçada da Casa do Cidadão.

A responsável pelos equipamentos, a Urbes Trânsito e Transporte, explicou que apesar de estarem dispostas no chão, todas essas grades e as placas de trânsito seriam recuperadas e reutilizadas, seja no mesmo local, ou em outros pontos da cidade. “A Urbes fabrica ou recupera as placas, gerando dessa forma economia ao município”, respondeu.

De acordo com o órgão, outras regiões que integram o mapa de obras do ônibus rápido também poderão ter as placas e gradis retirados para manutenções de solo, porém, todos os itens serão reinstalados.

Placas de trânsito

Conforme divulgado pela empresa pública, em 2019 a Prefeitura de Sorocaba teve um custo de aproximadamente R$ 480 mil com a produção, recuperação e instalação de placas de trânsito em todo o município. Ao todo, foram instaladas 4.700 itens de sinalização de tráfego. Para 2020, há estimativa de 2.151 placas de trânsito.

Leia mais  CPI da Saúde de Sorocaba aponta seis supostos crimes

 

A Urbes explicou que em 2017 uma empresa foi contratada para produzir materiais galvanizados que são utilizados na instalação desse tipo de placas de trânsito, como braçadeiras e braços projetados. A contratação vigorou por um período de 24 meses, até novembro de 2019. O processo de instalação, ainda conforme o Executivo, é realizado por funcionários da própria Urbes.

O órgão de trânsito informou ainda que em maio deste ano firmou contrato no valor de R$ 425.898,00 referente à produção das placas de sinalização vertical. (Wesley Gonsalves)

Comentários