Eleições 2020 Sorocaba e Região

Geração de emprego ajuda eleição de Kéke

Geração de emprego ajuda eleição de Kéke
Prefeito reeleito Péricles Gonçalves (PSDB). Crédito da foto: Vinícius Fonseca (18/11/2020)

O prefeito reeleito de Capela do Alto, Péricles Gonçalves (PSDB), mais conhecido como Kéke, teve 75,91% dos votos. Com o total de 8.224 votos, ele destaca o bom resultado nas urnas e a sua reeleição ao programa de desenvolvimento econômico “Invista em Capela” implantado na cidade, e que culminou na atração de cerca de 30 empresas, além da geração de emprego, entre outras obras.

Kéke aponta também que a atração de novas empresas para o município de cerca de 20 mil habitantes, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), irá gerar dentro de um ano e meio cerca de mil vagas. “Algumas delas já iniciaram suas atividades em Capela do Alto, e outras estão em fase de conclusão de seus prédios e instalações. As empresas já na cidade são a CG3 Telecom, a Preformaster (fabricação de ferragens, materiais eletrônicos e telefônicos), a Asa Fertilizantes, Metalica (caldeiraria pesada), Zeg Tech Equipamentos (Coquerias), entre outras”.

Leia mais  TSE : e-Título deve ser baixado até as 23h59 deste sábado

Segundo Kéke, várias dessas empresas fazem parte do novo polo industrial de Capela do Alto, ao lado da rodovia Raposo Tavares. “São mais de R$ 20 milhões em investimentos e gerando empregos para os capelenses com esse canteiro de obras”, afirma.

O prefeito reeleito também destacou um projeto de habitação, em parceria com o governo estadual, com a construção de 200 casas por meio da CDHU.

Próximo mandato

Kéke disse que para o seu próximo mandato uma das prioridades será a questão das melhorias na pavimentação das estradas vicinais do município, para auxiliar no escoamento da produção agrícola. Ele disse que a cidade já foi considerada a capital do milho verde, mas que atualmente a soja ganha cada vez mais espaço na agricultura local.

“A cidade precisa de gestão e planejamento. A iniciativa privada é bem mais ágil e o poder público sofre com a burocracia e a lentidão para colocar os projetos em prática. Então, é isso que vamos continuar fazendo, uma gestão moderna para atrair empresas e gerar empregos na cidade”, afirma. (Ana Cláudia Martins)

Comentários