Sorocaba e Região

Gaeco investiga oferta de cargos a vereadores em Sorocaba

Promotora diz que denúncia sobre os cargos é recente
Gaeco investiga oferta de cargos a vereadores
Há informações de que assessores foram ouvidos pelo MP. Crédito da foto: Erick Pinheiro / Arquivo JCS (28/5/2019)

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP), investiga denúncia de que cargos do governo José Crespo (DEM) foram colocados à disposição de vereadores da Câmara de Sorocaba. A informação foi repassada na noite desta quarta-feira (24) pela promotora de Justiça Helena Cecilia Diniz Teixeira Calado Tonelli, do Gaeco de Sorocaba.

De acordo com a promotora, “há uma denúncia de secretários da gestão Crespo que ofereceram cargos à disposição de vereadores”. Helena Cecilia Diniz, entretanto, negou que algum vereador esteja sendo alvo de investigação, bem como seus assessores. “Tudo boato”, responde de forma enfática a promotora. Ela também disse que não há o que dizer sobre o número de pessoas ouvidas no caso. Por outro lado, a promotora afirma que a denúncia sobre os cargos é recente.

Leia mais  Advogado fala sobre contrato de trabalho durante a pandemia de coronavírus

Questionada sobre a situação, a Prefeitura de Sorocaba disse que até o momento ainda não recebeu nenhuma notificação sobre o questionamento. “Entretanto, ressalta que todos os cargos de livre provimento do chefe do Executivo respeitam os requisitos estabelecidos na Constituição Federal”.

Durante a tarde desta quarta-feira (24), houve diversas informações de que assessores estavam sendo ouvidos pelo MP. Falou-se, inclusive, que a situação envolvia sete assessores e dois vereadores. (Marcel Scinocca)

Comentários