Sorocaba e Região

Falta de água é problema recorrente no Genebra

Bairro é abastecido por poço artesiano e consumo aumentou, diz o Saae
Falta de água é problema recorrente no Genebra
Daiana está preocupada também com a falta de água por conta da pandemia. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (12/11/2020)

Moradores do bairro Genebra, na região de Brigadeiro Tobias, na zona leste de Sorocaba, sofrem com a falta d’água nas torneiras há pelo menos seis dias. Segundo eles, o problema é recorrente e o caso mais recente começou no domingo (8). O Saae informa que o bairro é abastecido por meio de poço artesiano, cuja capacidade é de 250 mil litros, e que no último final de semana, em virtude das altas temperaturas e do forte calor, houve consumo exagerado por parte da população residente nessa região e o sistema sofreu um desequilíbrio.

Grávida de quatro meses, a moradora Daiane Bera afirma que, desde então, ela e os vizinhos têm relatado o problema, por telefone, ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), e apesar da série de protocolos, são sempre informados pela atendente que a autarquia desconhece a falta d’água e que uma equipe será enviada ao local para averiguação. “É complicado ficar sem água, principalmente agora, com a pandemia de coronavírus, que a gente tem que redobrar a atenção lavar as mãos toda hora e os alimentos”, afirma.

Leia mais  Polícia Civil apreende mais de R$ 700 milhões do crime organizado

Moradora do bairro há 7 anos, ela confirma que o problema é recorrente e se agrava durante os períodos de seca e calor. Para contornar a situação, e seguir cumprindo as recomendações das autoridades sanitárias, Daiane relata que passou a comprar galões de água potável e tem se deslocado por cinco quilômetros até a casa da sua mãe, para poder tomar banho. “Um custo a mais, e a conta (de água) não vem com desconto por esses dias que faltou água”, assinala.

O Saae, por meio de nota, informa que durante a noite de quarta-feira (11) e a madrugada de ontem (12), a autarquia organizou uma força-tarefa para resolver a situação, que consistiu em abastecer diretamente o reservatório do bairro com o emprego de diversos caminhões-tanque, além do bombeamento do poço que continua operando. Com essa ação, a previsão era de que o abastecimento no local fosse normalizado até o final da tarde. Paralelamente, para equalizar essa situação, depois de obter as autorizações necessárias dos órgãos competentes e fiscalizadores, o Saae/Sorocaba perfurou mais um poço artesiano no bairro e agora está na etapa de montagem dos equipamentos e energização para entrar em funcionamento. (Felipe Shikama)

Comentários