Sorocaba e Região

Escolas municipais terão agenda on-line de eventos

A plataforma foi criada como projeto de graduação dos alunos de Tecnologia da Informação
Escolas municipais terão agenda on-line de eventos
Plataforma foi desenvolvida por alunos de TI da Esamc. Crédito da foto: Divulgação

Com o objetivo de aproximar os pais de alunos da rede municipal do cotidiano escolar, estudantes da Faculdade Esamc Sorocaba criaram um site que divulgará informações sobre as atividades de cada unidade. A plataforma foi criada como projeto de graduação dos alunos de Tecnologia da Informação (TI) Fernando Edivar Hideaki, Tiago da Silva Leite e Vitor Henrique Alimo apresentado em junho. Segundo a Secretaria de Educação de Sorocaba (Sedu), o site deverá ser implantado no segundo semestre.

A ideia é que o site reuna informações como atividades extracurriculares, eventos internos, comunicado de reuniões de pais e também as notícias diárias sobre a instituição de ensino. Cada unidade faria a atualização dos dados. Um dos graduandos que desenvolveu o site, Fernando Edivar Hideaki, explica que com o corrido cotidiano das famílias modernas, a plataforma pode ser um meio de acompanhar o calendário escolar com mais facilidade.

Leia mais  Corpo encontrado em Boituva é de pedreiro que desapareceu em Sorocaba

O secretário da Educação, André J. Gomes, relata que quando soube da parceria entre a Esamc e o poder público para o desenvolvimento de projetos de tecnologia propôs a criação de uma ferramenta para as escolas. “Eles (alunos) se debruçaram sobre a ideia e transformaram em projeto”, diz. Para o secretário o resultado atendeu as expectativas.

De acordo com ele, o projeto será apresentado para as escolas, para que aprendem a metodologia de atualização. Gomes ainda destacou a parceria entre o poder público e privado, que resultará em uma melhoria sem custos para a secretaria, uma vez que as escolas já possuem as ferramentas a serem utilizadas (computadores, celulares e internet).

“O principal é inserir eles no mercado de trabalho com aplicações reais”, destaca o professor de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Anderson Reis de Campos, orientador do projeto. (Priscila Fernandes)

Comentários

CLASSICRUZEIRO