Sorocaba e Região

EMTU torna definitivo serviço experimental

Chamado de viagem parcial, o serviço está em operação desde o dia 25 de novembro e agora passa a ser definitivo
EMTU torna definitivo serviço experimental
Empresa estima benefício mensal a 4 mil passageiros. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (18/7/2019)

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), gerenciadora do transporte coletivo intermunicipal na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), aprovou a criação de um serviço complementar na linha entre Salto de Pirapora e Sorocaba, operada pela Auto Ônibus São João. Chamado de viagem parcial (VP), o serviço está em operação desde o dia 25 de novembro, em caráter experimental, e passará a ser definitivo.

O despacho da EMTU foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo no último sábado (15). Conforme a assessoria de imprensa da EMTU, trata-se de um reforço para as linhas 6315 — Salto de Pirapora / Campo Largo a Sorocaba e 6316 — Salto de Pirapora / Campo Largo a Sorocaba via Bandeiras, com atendimento a partir do Jardim Primavera. A tarifa é de R$ 5,80.

A São João informou que seis veículos são utilizados para executar o serviço, que opera apenas em dias úteis, em horário de pico.

 

Os ônibus partem do Jardim Primavera às 6h, 6h15, 6h37, 6h52, 7h30 e 7h50. Os de 6h37 e 7h30 correm via Bandeira. Conforme a empresa, as mudanças beneficiam cerca de 4 mil passageiros por mês.

Mudanças

Desde que substituiu a antiga empresa Piracema na linha entre Sorocaba e Salto de Pirapora, em setembro do ano passado, a São João vem implantando mudanças operacionais na rota. Além do início do serviço complementar, desde novembro estão rodando entre as cidades dois veículos de 15 metros de comprimento, com capacidade para 120 passageiros — enquanto os comuns transportam 85 pessoas. A intenção da empresa, conforme o gestor operacional Júlio Cabral, é de aumentar o número de lugares para atender a demanda durante toda a operação. “Somos a primeira empresa da Região Metropolitana de Sorocaba a colocar esses veículos para rodar em linhas intermunicipais”, lembra o responsável pelo setor de planejamento operacional e estatística, Murillo Dalgles. (Eric Mantuan)

Comentários