Sorocaba e Região

Em Votorantim, Cachoeira da Chave permanece abandonada após obras

O local chegou a receber obras de revitalização, mas não houve continuidade
Em Votorantim, o Cachoeira da Chave permanece abandonado após obras
Moradores dizem que local não recebe manutenção. Crédito da foto: Emidio Marques (10/8/2019)

O Parque da Cachoeira da Chave, em Votorantim, é outro exemplo de descaso com investimentos em turismo. Um dos principais atrativos da cidade está, aparentemente, abandonado. O local chegou a receber obras de revitalização, mas não houve continuidade e o espaço continua ser alvo de reclamações sobre a situação de abandono.

Leia mais  Obras de pontos turísticos estão paradas na região de Sorocaba

 

De acordo com moradores do bairro, que preferiram não se identificar, a Prefeitura iniciou as obras no local, mas os trabalhos foram interrompidos e estão parados há mais de um ano. Chegou a ser construída a pista de caminhada, banheiros, uma guarita de segurança e portões na entrada do parque, mas os serviços não foram completamente executados.

Atualmente, os moradores dizem que a pista de caminhada está repleta de mato; os sanitários estão degradados; e não há vigia na guarita. Além disso, acrescentam, um dos portões do local caiu e não foi recolocado. Já os outros dois estão bastante enferrujados e permanecem sempre abertos. Com isso, não garantem a segurança do parque. A equipe do Cruzeiro do Sul esteve no local e comprovou esses problemas.

Investimentos

A Prefeitura de Votorantim informou que foram investidos R$ 391.639,75 nas obras no Cachoeira da Chave. No local, segundo a administração municipal, foi feita construção dos sanitários, da cabine de vigilância e do portão. Também foi realizada a pavimentação na entrada do parque e colocação de alambrado. Os recursos são do próprio município.

Segundo a Secretaria de Obras e Urbanismo de Votorantim, os trabalhos foram finalizados em 11 agosto do ano passado, três meses após a data estimada. Conforme a pasta, o atraso, previsto em contato, ocorreu “por conta das intempéries e chuvas”. Quando às reclamações sobre a manutenção e a limpeza do parque, a pasta afirmou que “equipes da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) realizam serviços periódicos no local”. (Vinícius Camargo – programa de estágio / Supervisão: Rosimeire Silva)

Comentários

CLASSICRUZEIRO