Sorocaba e Região

Em nova etapa, Operação Dignidade aborda 11 moradores de rua

As ações foram realizadas nesta quinta-feira (16), em quatro locais da cidade



Em nova etapa, Operação Dignidade aborda 11 moradores de rua
A Operação Dignidade fiscalizou quatro locais. Crédito da foto: Divulgação

Onze pessoas em situação de rua foram abordadas em mais uma etapa da Operação Dignidade, realizada nesta quinta-feira (16), em Sorocaba. A ação foi deflagrada pela Prefeitura de Sorocaba, por intermédio da Secretaria de Política Sobre Drogas, com o apoio das secretarias de Igualdade e Assistência Social e da Saúde. A Guarda Civil Municipal (GCM) e a Polícia Militar também participaram da fiscalização.

Leia mais  Operação Dignidade faz ação na região central de Sorocaba

 

Segundo o chefe de divisão da Secretaria de Política Sobre Drogas, Alexandre Gabriel Vieira, quatro pontos foram alvos da operação. O primeiro foi o viaduto Humberto de Campos, que liga a rua Humberto de Campos à avenida Afonso Vergueiro. No local, segundo Vieira, dois moradores de rua foram abordados. Eles não quiseram ser encaminhados para o Serviço de Obras Sociais (SOS). Em seguida, a equipe dirigiu-se para uma praça na avenida Américo Figueiredo. Não havia ninguém no local.

Depois, os agentes seguiram para a rua Rubéns Antônio Nazaré Santos, na Vila Rica. Sete pessoas foram abordadas próximas à sede do SOS. Cinco delas afirmaram ser usuárias de crack e duas disseram consumir álcool.Todos passaram por exames médicos, mas recusaram tratamento. Por sim, a fiscalização foi realizada na linha férrea da rua Comendador Hermelino Matarazzo, ao lado da escola municipal Matheus Maylasky. No local foram atendidos dois moradores de rua. Um deles confirmou ser usuário de álcool. Após serem atendidos e orientados, eles se recusaram a ir para centros de atendimento.

Vieira explica que os pontos a serem fiscalizados são definidos por meio do mapeamento dos locais onde há moradores de rua usuários de drogas. Segundo ele, após uma ronda pela cidade, a equipe da secretaria estabelece os alvos da operação.

Ainda conforme Vieira, a Secretaria de Conservação, Serviços e Obra (Serpo) também realizou a limpeza de todos os locais fiscalizados nesta quinta-feira (16).

O objetivo da Operação Dignidade é oferecer auxílio às pessoas em situação de rua e auxiliá-las no retorno ao convívio social. Orientações para retirada de documentos, encaminhamentos para centros de assistência e atendimentos médicos são algumas das ações realizadas pela operação. (Da Redação) 

Comentários

CLASSICRUZEIRO