Sorocaba e Região

Eclipse parcial do sol frustra espectadores em Sorocaba

Nuvens onde o sol se põe dificultaram a visão do fenômeno em que a lua encobriu o sol nesta terça-feira (2)
Nuvens atrapalharam a visualização do fenômeno espacial. Crédito da Foto: Fábio Rogério (2/7/2019)

Quem tentou observar a olho nu o eclipse parcial do sol desta terça-feira (2) dos pontos que servem como mirantes para o horizonte em Sorocaba ficou frustrado. A previsão era de que ele poderia ser visto ao menos parcialmente. Porém, nuvens em todo o espaço do céu onde o sol se põe dificultaram a visão do fenômeno em que a lua encobriu o sol.

Leia mais  Eclipse do sol poderá ser visto nesta terça-feira (2), às 16h59

 

Foi possível enxergar o fenômeno apenas em imagem captada por máquina fotográfica. Muita gente tentou curtir o alinhamento do sol com a lua, mas outras pessoas também ficaram indiferentes e não pararam suas atividades para tentar assistir ao espetáculo da natureza que começou às 16h59.

Um dos locais em Sorocaba propícios para essas ocasiões são as áreas que margeiam a avenida General Motors, na zona industrial. Enquanto o eclipse se manifestava no horizonte delimitado pelo Parque Vitória Régia, na avenida, motoristas, ciclistas e pedestres se deslocavam, indiferentes. Assim reagiu, por exemplo, o pedreiro Daniel Daniel, de 42 anos, e explicou: “Não ligo para essas coisas, não faço questão.”

O também pedreiro Adão Irineu de Lima, de 55 anos, olhou para o céu e fez o diagnóstico de dificuldade: “O céu está meio embaçado, acho que é por causa das nuvens.” Ele disse que não sabia da agenda do eclipse em parte do Brasil e da América Latina. “Também não estou sabendo”, disse o vendedor Roberto Nogueira, de 50 anos.

Outro que reagiu com indiferença foi o pedreiro Ricardo Camilo, de 47 anos: “Não tenho tempo de ver a mídia.” Além disso, disse que nunca parou para olhar um eclipse, nem mesmo com o uso de equipamento especial: “Nunca tive curiosidade.” Disse que há anos, certa vez, foi convidado por grupo de amigos para ver um eclipse: “Não fui ver, o que isso vai mudar?

Em contrapartida, outras pessoas, nessas ocasiões, posicionam-se nos mirantes para conseguir as melhores imagens do fenômeno. Eclipses atraem a humanidade por vários motivos. Entre eles, por suas ligações com os mistérios da natureza e a obsessão humana pelo desconhecido. (Carlos Araújo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO