Sorocaba e Região

E-mails atribuídos a Crespo e Eloy detalham trabalho de ex-assessora

Troca de mensagens se refere às atribuições dadas a Tatiane Polis diretamente pelo prefeito
E-mails atribuídos a Crespo, Eloy de Oliveira e Tatiane Polis. Crédito da Foto: Divulgação

E-mails atribuídos ao prefeito José Crespo (DEM), ao ex-secretário Eloy de Oliveira e a ex-assessora e ex-voluntária da Prefeitura de Sorocaba, Tatiane Polis, mostram como foi o trabalho dela no Executivo, inclusive com as atribuições, dadas diretamente pelo prefeito. Os documentos mostram até atritos entre Tatiane Polis e Oliveira, e que ela participava de reuniões na Prefeitura.

Em 6 de fevereiro, às 9h38, o então secretário reclama que Tatiane Polis não passou a agenda para os demais integrantes da Secretária de Comunicação. Sem essa informação, conforme advertiu Oliveira, a agenda externa ficaria capenga.

Leia mais  Em vídeo, Crespo fala de e-mails atribuídos a ele, Eloy e ex-assessora

No primeiro, enviado em 5 de janeiro deste ano, Crespo pede para que Tatiane Polis trate de questões externas relacionadas a sua imagem. Ele passa instruções de como seriam os compromissos. Já em 15 de janeiro, o prefeito José Crespo passa atribuições para Tatiane Polis, no caso, a determinação é para que ela assuma a coordenação da agenda externa dele. No material, Tatiane Polis é tratada como doutora.

Em 7 de fevereiro, às 23h47, Eloy cobra Tatiane Polis porque ela estaria fechando a agenda sozinha. Poucos minutos depois, já na madrugada do dia 8, Tatiane Polis responde, dizendo que não trabalha em equipe e ainda reclama que não é chamada para os eventos da Secom e do governo.

Na tarde da mesma data, Eloy de Oliveira reclama de suposta agressividade de Tatiane Polis. Ele também fala da participação da ex-servidora em reuniões na Secom e ainda afirma que ela estaria fazendo reuniões externas sobre o programa Fala Bairro, fora da Secom.

O Cruzeiro do Sul publica a transcrição de parte dos e-mails trocados entre Tatiane Polis, o prefeito José Crespo e o ex-secretário Eloy de Oliveira:


“Conforme falamos, é necessário/conveniente que, daqui para frente, o prefeito “saia mais” do gabinete, em atividades externas, de natureza “política” – para ser visto, conversar diretamente com pessoas ou grupos, etc.

Isso naturalmente, significará desgastes e alongamentos de prazos no agendamento do gabinete, mas terá que ser mitigado pelos demais Secretários e principalmente pelo Dr. Eric Vieira.

O dia/ período definido agora, para essa “agenda externa” do prefeito, será em todas (ou a maioria) das 4as.feiras das 12 às 20 horas.
V.Sa fica desde já encarregada de coletar idéias e propostas de todos os setores e transformá-las na “agenda externa” desses períodos; considere tempo mínimo de 1 hora para cada evento,  e os tempos de deslocamentos.

Poderão haver viagens ou outros compromissos mandatórios que impeçam essa agenda externa nas 4as.feiras; em razão disso, a Dra. Jéssica Pedrosa informará, com antecedência de 1 semana, se a 4a.feira seguinte estará confirmada ou não.

V.Sa. deverá concluir a agenda externa de cada período, dois dias antes, ou seja, deverá passar a agenda completa para a Dra. Jéssica, com conteúdo, endereço e horários, em todas as 2as.feiras.
A primeira data para essa “agenda externa” já está reservada para a 4a.feira dia 30/1/19; por favor detalhe. As datas seguintes seguirão o exposto acima.

Grato

JC”
5/1/2019


“Dra. Tatiane:

Peço que V.Exa. assuma a coordenação e sempre que possível acompanhe fisicamente a agenda JC em campo, pelo menos nas 4.as feiras, e também aquelas do programa “Fala Bairro”.

Como essas atividades serão importantes para a “imagem” do prefeito, peço que mantenha contatos e ouça orientações do Dr. Eloy Secom e do pessoal da Agência (especialmente Danilo e Lucas, da Strategie).

Grato

JC”
15/1/19


“Você não deve fechar a agenda sozinha.Trabalhamos em equipe. Precisamos discutir as visitas, até porque vamos divulgar isso e elas fazem parte de uma estratégia de comunicação.

O que estou dizendo é que deve avisar os coordenadores para que ele possam se organizar a fim de cobrir cada caso. Havíamos combinado isto.

As coberturas são específicas: algumas devem ir ao ar imediatamente, outras não. Precisamos estar alinhados. As mudanças vão ocorrer sempre que necessário, mas isto não impede que possamos fazer boas agendas. Vamos corrigir isto para as próximas.

Eloy de Oliveira”

7/01/19


“Taty, bom dia.

Você não repassou a agenda desta quarta-feira para o Marcelinho, Vanessa, Ricardo e Mari Maia conforme havíamos combinado. Preciso que faça isto sempre nas segundas-feiras tão logo tenhamos definido a agenda para que eles que designei para as chefias na Secom possam programar a nossa cobertura e os envios direcionados para a imprensa.

Sem esse suporte, nossa agenda externa fica capenga.

Eloy de Oliveira”
6/01/2019

“Eloy, o combinado com Prefeito e com a Jéssica, é passar a agenda segunda-feira até as 18:00. Porém levando em consideração essas sua observação, melhor esclarecer, alinhando e fechamos juntos na segunda-feira as 17:00 (inclusive, te chamei algumas vezes antes e você não conseguiu me atender) e mesmo depois do nosso alinhamento, na terça feira a tarde você mesmo pediu que alterasse, incluindo a agenda da TV Tem, sendo assim esse email não faz nenhum sentido.

Mas seguindo essa linha, nas próximas fecharei sozinha (e não mais aceitarei sugestões, salvo o direcionamento da agência) para que consiga fechar e apresentar para todos os envolvidos na segunda feira até as 18h:00 para a Jéssica.

Atenciosamente, Taty Polis”
8/02/19


“Não estou entendendo essa sua agressividade. O trabalho deve ser feito em equipe e é como tenho trabalhado. Se não fizermos dessa forma, aí sim quem perde é o governo. Você participa de reuniões na Secom sem nenhum problema. Como exemplo, cito a reunião de alinhamento das novas coordenadorias da Secom no dia 1 de fevereiro, na qual você disse que não poderia estar presente, mas acabou aparecendo e participou normalmente.

Eu pedi que a convidassem para o Café com a Imprensa. Quase toda a Secom estava lá. Não sou eu quem faz os convites. Posso verificar o que houve se não recebeu.

Você sim, ao contrário de mim, tem feito reuniões do Fala Bairro fora da Secom, muito embora eu tenha dito que era para fazer na Secom, já que o programa foi criado aqui.

Mas nem isso é problema para o nosso relacionamento. Eu também me esforço bastante para realizarmos um bom trabalho conjunto e acho que temos conseguido. Estranho que tenha agido dessa forma.

Peço que repense e aja em prol do governo trabalhando em equipe. Estou á disposição para discutirmos o assunto.

Eloy de Oliveira”
08/02/19


“Não Eloy, não trabalhamos em equipe, não mais, infelizmente. Prova disso, são suas atitudes, não me convida a participar das reuniões, nem dos eventos da SECOM, como o café com a imprensa, uma pena, quem perde com isso é o JC, o GOVERNO.

Tenho me esforçado, apoio, divido, compartilho com você, mas a recíproca não existe, pelo contrário, você tem tido comportamentos que não reconheço, não concordo, tem ruídos, situações mal resolvidas e isso tem atrapalhado muito.

Quando quiser falar abertamente sobre isso, estou a disposição, quanto a agenda externa também.

Taty”
8/02/19

Citados

A Prefeitura de Sorocaba foi questionada sobre o material, incluindo sua autenticidade. O Executivo informou que “até o presente momento não teve acesso ao inquérito Civil e ao depoimento do ex-secretário Eloy de Oliveira, fato que causa estranheza, pois a Procuradoria e Corregedoria Geral do Município solicitaram vistas do inquérito à Policia Civil e até agora não obtiveram acesso, porém, diariamente, parte da imprensa recebe com exclusividade, informações e cópias de documentos do inquérito”, alegou.

Sobre os e-mails divulgados, a Prefeitura de Sorocaba alegou que parte deles fazem parte de uma troca de mensagens entre Eloy de Oliveira e Tatiane Polis, não havendo envolvimento do prefeito. “Sobre os e-mails onde há a participação do prefeito José Crespo, a Prefeitura esclarece que é comum o prefeito se referir às pessoas que trabalham próximas a ele com um tratamento respeitoso como Dr. ou Dra, V.sia., etc.”, diz.

A Prefeitura informou também que no último mês a página no Facebook e os e-mails do prefeito sofreram ataques de hackers que utilizaram referidos “meios de comunicação de forma criminosa, portanto é impossível o prefeito se posicionar sobre o conteúdo de algo que não têm acesso”.

Sobre a designação de Tatiane Polis, segundo a Prefeitura, “fica claro que o prefeito designa Tatiane Polis como coordenadora executiva e não administrativa, sendo responsável pela ação. É possível verificar que o ex-secretário de Comunicação e Eventos, Eloy de Oliveira, é copiado no e-mail, caracterizando sua importância e ciência sobre os fatos e determinações do prefeito sobre a sua pasta”. A Corregedoria Geral do Município também apura o caso.

A defesa de Tatiane Polis e de Eloy de Oliveira também não se manifestaram. (Marcel Scinocca – Colaborou Vinicius Camargo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO