Sorocaba e Região

Duas secretarias continuam sob investigação do Ministério Público

Educação e Mobilidade estão entre as pastas no alvo das investigações da operação Casa de Papel
Duas secretarias continuam investigadas
Apurações complementares são feitas pelo Ministério Público. Crédito da foto: Luiz Setti / Arquivo JCS (7/1/2020)

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) continua investigando ao menos duas secretarias da Prefeitura de Sorocaba. A informação foi divulgada durante a manhã desta terça-feira (10) pela promotora Maria Aparecida Castanho ao apresentar os resultados da investigação denominada Casa de Papel. Educação e Mobilidade estão entre as pastas.

“Existem outras investigações que vão ser complementares. Havia outros contratos, tem mais contratos. Muitos levantamentos de fraudes, inclusive, foram apontados pelo próprio Tribunal de Contas”, afirma a promotora.

Leia mais  Acusados da Casa de Papel não podem ir à Prefeitura de Sorocaba

 

“Fizemos um trabalho de cooperação. A materialização das fraudes também veio identificada no Tribunal de Contas e em outras secretarias também, que hoje, os secretários não estão mais lá”, comenta. “Educação, Mobilidade… existem investigações complementares. Existem contratos suspeitos. Talvez, resulte em denúncia”, projeta.

O caso continua a ser investigado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Questionada se colabora com a investigação, a Prefeitura de Sorocaba afirmou que “tem colaborado em tudo aquilo que tem sido demandada em relação à citada investigação”. “A Prefeitura reafirma seu interesse na elucidação de quaisquer situações sobre as quais possam pairar dúvidas sobre a lisura dos processos administrativos sob sua responsabilidade”, acrescenta. (Marcel Scinocca)

Comentários