Sorocaba e Região

Deputados de Sorocaba vão à Caixa para entender a reestruturação

As antigas Superintendências Regionais eram 84 e faziam a gestão de uma ampla rede de agências e canais parceiros
Deputados de Sorocaba vão à Caixa esclarecer reestruturação
Vitor Lippi (esq.), Paulo Angelo (da Caixa), Jefferson Campos e Capitão Derrite. Crédito da foto: Divulgação

Os deputados federais Capitão Derrite, Vitor Lippi e Jefferson Campos se reuniram na quinta-feira (13) com o vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Paulo Angelo, para obter mais informações a respeito da reestruturação do órgão, que inclui mudanças em Sorocaba e deixou muitos moradores com receio nos últimos dias. Pontos importantes foram esclarecidos no que diz respeito à extinção da Superintendência Regional (SR) Sorocaba, que atualmente funciona em um prédio da avenida Antônio Carlos Comitre, no Campolim.

Diferentemente das questões que os clientes da Caixa Econômica Federal levantaram nos últimos dias, Sorocaba não ficará subordinada à superintendência de Piracicaba. A reestruturação que será feita abrange a extinção de todas as superintendências regionais, com o objetivo de descentralizar grande parte dos serviços e trazer mais facilidades aos clientes.

Leia mais  Caixa Econômica negocia financiamentos em atraso

 

Essa mudança faz parte de uma modernização no sistema, já que a última foi há 25 anos e percebeu-se a necessidade de uma nova estrutura, dada as atuais necessidades dos clientes.

A partir de agora, serão adicionadas à antiga estrutura da SR Sorocaba 46 funções gerenciais e 54 funções de assistente. Serão quatro novas Superintendências de Varejo, como passará a chamar. Duas em Sorocaba, uma em Itu e uma em Tatuí. Os clientes da Caixa Econômica Federal de Sorocaba não terão que viajar a outra cidade para conseguir nenhum tipo de atendimento do banco. Todos os serviços continuarão sendo realizados no município. O que deverá mudar é que agora mais funcionários estarão à disposição da população e o serviço ganhará mais agilidade.

As antigas Superintendências Regionais eram 84 e faziam a gestão de uma ampla rede de agências e canais parceiros. As Superintendências Executivas serão mais de 350 e ficarão fisicamente mais próximas do cliente e das unidades da rede, fazendo uma gestão mais próxima e com foco no cliente. Na estrutura antiga eram 144 gerentes, agora serão 190. O número de assistentes passa de 48 para 142.

Leia mais  Caixa anuncia nova etapa de plano de demissão voluntária

 

Os deputados esclarecem que, ao receberem tal demanda e preocupação dos cidadãos de Sorocaba, rapidamente solicitaram a reunião com o vice-presidente Paulo Angelo e prontamente foram atendidos, a fim de trazer tais informações importantes para tranquilizar os clientes que dependem dos serviços Caixa. (Da Redação)

Comentários