Sorocaba e Região

CVV inicia cursos para voluntários na cidade

O CVV possui 120 postos em todo território nacional, contando com 2.700 voluntários
CVV inicia cursos para voluntários
Os atendimentos são pelo telefone 188 ou por meio de chat. Crédito da foto: Emidio Marques

Doar parte do tempo ocioso para outras pessoas, ou ajudar ao próximo para agradecer tudo de bom que já recebeu na vida. Essa é a síntese que move voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV), que até quarta-feira abre cursos de capacitação no posto de Sorocaba. O engenheiro Rubens Daud, coordenador do Programa de Seleção de Voluntários (PSV), diz que para se tornar voluntário “basta ter 18 anos e boa vontade”.

A primeira das três turmas começou ontem. As 32 horas do curso são distribuídas em oito sábados, sempre das 14h às 18h. A média é de 40 interessados.

Numa explicação básica aos interessados enquanto recebia a reportagem, Rubens Daud esclareceu que ali “somos todos iguais” e destacou que a base do CVV é pautada na confiança, respeito, aceitação e compreensão, valores para criar o elo entre o voluntário e a pessoa que precisa ser ouvida. “Precisamos acolher a pessoa e a entender sem julgar e nem criticar”, frisou Daud. O conteúdo básico do curso é trazer informação de como os voluntários devem enxergar as outras pessoas, criando empatia.

Leia mais  Homem é baleado durante troca de tiros com a PM em Sorocaba

O coordenador, no entanto, ressaltou que os voluntários, bem como qualquer outra pessoa, passam por problemas, e podem também receber apoio entre si, ou até mesmo querer se afastar caso em algum momento não se sinta apto a prestar o atendimento: “todos nós podemos passar por momentos difíceis, e pedir para se afastar”.

O CVV possui 120 postos em todo território nacional, contando com 2.700 voluntários. Em todo o País, os atendimentos são pelo telefone 188 ou por meio de chat.

Voluntários

Mulher de 58 anos de idade, assistente social atuante no departamento de Recursos Humanos de um hospital da cidade. Esse é o perfil de uma das interessadas em ser voluntária. Ela ouvia falar do CVV desde criança e já conheceu quem precisou do atendimento.

Outro voluntário, 60 anos, administrador de empresas, resumiu seu desejo em se tornar voluntário do CVV por entender que “chega um tempo em nossas vidas, que pensamos e precisamos nos dedicar ao próximo”. Outra mulher, confeiteira de 38 anos, disse já ser voluntária como palhaça que visita pacientes em hospitais, e quis entrar no CVV para “poder aprender e a doar mais”. Seus nomes e suas imagens não foram divulgadas por exigência do sigilo por parte do CVV.

Leia mais  Votorantim oferece curso gratuito de padaria artesanal

Inscrições

Quem quer ser voluntário, pode se inscrever, gratuitamente, para uma das outras duas turmas que se iniciam nesta semana. Os interessados têm opção da turma que começa amanhã, das 14h às 18h, ou da outra, na quarta-feira, das 19h às 23h.

O facilitador Rubens explica que as inscrições podem ser feitas até dez minutos antes da primeira aula começar, mas frisa que se o interessado puder avisar antes, ajuda na organização prévia. Todas as aulas são presenciais e acontecem na sede da entidade, na rua Nogueira Martins, 334, onde também é feito o trabalho voluntário, semanalmente. Mais informações: www.cvv.org.br, e-mail: sorocaba@cvv.org.br e WhatsApp 15-99136-4112 (apenas mensagens). (Adriane Mendes)

Comentários

CLASSICRUZEIRO