Sorocaba e Região

Curso de ovos de Páscoa atrai quem quer economia e renda extra

Algumas aulas são sobre recheios que estão em alta, outras sobre bombons e há também os cursos mais completos
Curso de ovos de Páscoa atrai quem quer economia e renda extra
Na aula prática os alunos aprendem técnicas para fabricação de ovos caseiros tradicionais, recheados e outras delícias para a Páscoa. Crédito da foto: Fábio Rogério (11/3/2020)

Preparar ovos de Páscoa caseiros é a opção para muitas pessoas que querem economizar ao presentear familiares e também para quem está de olho em uma renda extra. Várias lojas de doces e escolas de confeitaria em Sorocaba formam turmas ao longo dos meses de março e abril para a realização de cursos de preparação de ovos de chocolate.

Algumas aulas são sobre recheios que estão em alta, outras sobre bombons e há também os cursos mais completos, que ensinam desde a escolha do chocolate, a temperagem e a preparação de mousses, ganaches e brigadeiros para os ovos de colher.

A culinarista Roseni Eguti, que há mais de 30 anos dá cursos sobre chocolate, ministrou ontem uma aula completa mostrando ao grupo de dez pessoas o passo a passo para fazer os deliciosos e tradicionais ovos de Páscoa. “Todo mundo vem em busca de um renda extra ou pelo menos economizar e fugir dos ovos industrializados”, contou ela, que ao longo do ano também dá cursos de panificação.

Leia mais  Ovos de Páscoa caseiros ganham espaço entre os consumidores

 

Ela lembra que o ovo de colher segue entre os favoritos durante a Páscoa e lembra que o preparo também rende mais, já que utiliza-se apenas meia casca do ovo, que é recheada ao gosto do cliente. “No ano passado tivemos os cake ovos também, que devem continuar nos menus das confeiteiras.” O erro mais comum durante o preparo, alerta, é na temperagem do chocolate, já que alguns precisam do choque térmico para que não derretam depois de prontos.

Curso de ovos de Páscoa atrai quem quer economia e renda extra
Crédito da foto: Fábio Rogério (11/3/2020)

Depois de se aposentar, Lucia Valio, 50, conta que agora quer aprender a fazer os ovos de chocolate com mais técnica. “Eu sempre gostei, mas fiz um curso no fim do ano passado e agora estou fazendo esse para ter mais prática”, conta ela, que na semana passada já se arriscou com as preparações para a filha, que voltou para retomar os estudos no Rio Grande do Sul. “Deram certo e até a Páscoa farei mais uns seis ovos”, calculou.

A artesã Luciene Faria, 34, é mãe de dois filhos e fez o seu primeiro curso ontem. “Eu perguntei para as crianças se elas queriam um ovo do mercado e aí seria um para cada, já que é bem caro, ou se queriam que eu aprendesse e fizesse bastante para elas. Como são muito espertos, quiseram os caseiros”, contou a mãe, que destaca que o ovo caseiro leva um ingrediente especial: carinho.

Leia mais  Ovos de Páscoa custam 2% a mais que no ano passado

 

Juliana Figueiredo, 38, também tem dois filhos que serão os primeiros a degustar os ovos que ela fará. Como já trabalha com alimentação, em um carrinho de lanche, Juliana espera também comercializar os ovos de Páscoa. “Primeiro farei para as crianças e se tudo der certo vou vender também e complementar a renda”, contou a mãe. (Larissa Pessoa)

Comentários