Sorocaba e Região

Crespo será indiciado pela Polícia Civil por crimes no caso do voluntariado

Prefeito de Sorocaba será indiciado em inquérito pelos crimes de responsabilidade e usurpação de função pública
Indiciamento em inquérito policial será pelos crimes de responsabilidade e usurpação de função pública. Crédito da foto: Emídio Marques (11/12/2017)

O prefeito José Crespo (DEM) foi notificado nesta terça-feira (2), pela Polícia Civil, de que será indiciado pelos crimes de responsabilidade e usurpação de função pública no inquérito policial que investiga supostas irregularidades no voluntariado da ex-servidora Tatiane Polis na Prefeitura de Sorocaba.

Leia mais  Polícia cumpre mandado de busca e apreensão na casa de Tatiane Polis

 

Por ter foro privilegiado assegurado pelo cargo de prefeito municipal, Crespo poderá escolher data, hora e local para o indiciamento, desde que seja entre os dias 22 e 25 de julho. A mesma situação já aconteceu em outubro de 2018, em investigação de crime de responsabilidade no caso do diploma falso que havia sido apresentado pela mesma servidora para ser contratada como assessora.

Nesta investigação, que apura a condição de Tatiane Polis como voluntária, a Polícia Civil já realizou busca e apreensão na casa da ex-voluntária, em 28 de maio, ocasião em que foram apreendidos documentos, aparelhos celulares e computadores; e a ouviu em depoimento no dia 5 de junho na Delegacia Seccional. Também foi solicitada a quebra de sigilo de documentos fiscais e telemáticos (e-mails) dos investigados.

A defesa do prefeito Crespo afirmou que foi procurada para o agendamento de uma data na qual ele receberá um delegado, mas informou que neste momento não tem nada a se manifestar e aguarda a notificação. “Contudo, é importante ressaltar que o prefeito José Crespo possui absoluta convicção de que não cometeu qualquer ilicitude e que irá comprovar a sua inocência quando tiver a oportunidade do contraditório”, acrescentou. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO