Sorocaba e Região

4ª edição da Corrida Pink do Bem reúne centenas de pessoas em Sorocaba

O evento ocorreu no Parque das Águas, no Jardim Abaeté, e faz parte da programação do Outubro Rosa
Evento ocorreu nesta manhã no Parque das Águas. Crédito da foto: Erick Pinheiro

*Atualizada

A 4ª edição da Corrida Pink do Bem, promovida pela Liga Sorocabana de Combate ao Câncer, ocorrida neste domingo (21), teve 1.400 inscritos, e mais centenas de pessoas compareceram ao Parque das Águas demonstrando apoio à causa social que visa o combate ao câncer de mama. O evento, organizado pela Liga Sorocabana de Combate ao Câncer, faz parte da programação do Outubro Rosa. O dinheiro das inscrições será revertido para mamografias. A novidade deste ano ficou por conta da meia-maratona, cujo percurso é de 21 km. As outras modalidades são 5 e 10 km.

Apesar da confusão de horários devido ao fato de uma operadora de telefonia móvel ter adiantado seu relógio em uma hora, como se entrasse em vigor o horário de verão, a largada aconteceu em torno das 7h, como estava programado. A saída dos participantes começou pelos cadeirantes e na sequência os inscritos para a corrida, e por último os que optaram pela caminhada. O aquecimento dos atletas foi ao som do DJ Tom Volpado.

Márcia Rodrigues, presidente da Liga Sorocabana de Combate ao Câncer, entidade que há 42 anos atua na conscientização sobre o câncer de mama e ginecológico na cidade e na região, disse que sua expectativa é a de que o dinheiro das inscrições consiga gerar tantas mamografias como no ano anterior, em que foram 800. Ela explicou que somente após o balanço é que poderá saber quantos exames serão realizados, uma vez que o patrocínio obtido não foi suficiente para cobrir todo custo da estrutura empregada.

Ela também fez questão de agradecer todos os apoiadores, como o jornal Cruzeiro do Sul, e os patrocinadores: Instituto Oncológico de Sorocaba, Scaranza, Baterias Heliar, Pré-femme Diagnósticos, Spinn Soul, TK Logística do Brasil Ltda., Maguacamp Distribuidora, Nucleon Radioterapia e Física Médica, Construtora Planeta, Agenda Sorocaba, Waltão Corretora de Seguros, e o Grupo Confiatta.

Leia mais  Barreiras sanitárias abordam 44.646 veículos em 11 dias de operação
Evento que chama atenção sobre o câncer de mama faz parte da programação do Outubro Rosa. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Parque das Águas se pintou de cor de rosa

Como ocorre todos os anos, há os que levam os bebês e os participantes que são cadeirantes. E dessa vez, em que a previsão de chuva não se concretizou e o tempo ficou aberto e com sol, não foi diferente. O casal Miriam Carriel e Nilton Pereira, levaram o filho Ígor de dois meses: “esse ano viemos na caminhada, mas ano que vem volto para a corrida”, disse a mãe, que também pretende, no futuro, inserir no filho a consciência de que esporte é essencial para a saúde e o bem estar geral. A largada aconteceu do Parque das Águas.

Vinicíus Rodrigues Costa, que há 11 anos perdeu os movimentos das pernas por conta de um acidente com o caminhão que dirigia, disse ter gostado tanto que em 2019 quer estar de volta. Natural de São Miguel Arcanjo e há um ano morando em Sorocaba, ele contou ter ficado sabendo do evento por um casal de corredores.

Leia mais  João Pedro estudou em casa e ficou em 2º lugar, na USP

Dentre os participantes estava também o prefeito José Crespo (DEM), que por falta de condicionamento físico optou pela caminhada. Ele disse porém que irá se preparar para ano que vem fazer a corrida, “mas a de 5 quilômetros”, ponderou. Sua esposa, Líliam Crespo, também acompanhou na caminhada.

Quem também esteve presente na corrida de domingo foi o empresário Hermes Elias de Moura, conhecido como Comendador Hermes. Ele recebeu a medalha de participação das mãos do prefeito Crespo.

Além da causa social envolvendo a Pink do Bem, os atletas responsáveis por assessorias esportivas dizem que o evento é também importante para divulgar as corridas, e poder difundir o quanto são benéficas, assim como qualquer outra prática esportiva.

Augusto Oliveira Arruda Filho, da Runup, falou ser importante participar desse evento específico por “poder unir saúde com ação social, além que todo treinamento ministrado é aplicado na prova”, e citou ter alunos nas três modalidades.
Para José Alves da Silva, da Fast Corredores, “esporte é saúde física e mental, e a corrida une o útil ao agradável, e a corrida por si só já é inclusiva por ter um caráter não competitivo”.

Leia mais  Prefeitura de Sorocaba oficializa pedido de vacinas ao Butantan

Os vencedores

Os três primeiros vencedores da meia-maratona, na categoria feminina e masculina foram, respectivamente, Maria Neide Teixeira Rosa, Graziele Oliveira de Lima, e Fernanda Batista Rosa Pinto. Entre os homens, os vencedores foram Fredison Costa (que já corre profissionalmente), Rafael Milton Lopes e Fabiano Ferreira da Silva.

Na categoria de 10 kms, as três primeiras vendedoras foram Marina Jacob, Natália Rabello Fernandes, e Márcia Lopes Rodrigues, e entre o sexo masculino, Roberto Ferreira Gomes, Roberto Marques dos Santos, e Nilton Alves da Silva.

As três primeiras a chegar na corrida de 5 kms foram Nathalia Réa, Maria Aparecida Silva Oliveira, e Marilza do Nascimento. Os vencedores dessa categoria foram Adenaldo de Souza Brito, Antonio Alexandre Squillace, e Gustavo Andrade.

 

Comentários