Sorocaba e Região

Consumidor ganha serviços como presente no seu dia

Evento organizado pelo Procon e Acso orientou sobre finanças e empreendedorismo
Consumidor ganha serviços como presente no seu dia
Procon instruiu sobre cuidados nas compras da Páscoa e dívidas no cartão de crédito. Crédito da foto: Erick Pinheiro

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), com apoio da Associação Comercial de Sorocaba (Acso), disponibilizou, na tarde desta sexta-feira (15), diversos serviços para a população, em comemoração ao Dia Mundial do Consumidor e ao Mês da Mulher. As ações aconteceram na praça Coronel Fernando Prestes, das 10h às 16h.

Alessandra Borghi, presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) Centro, conta que as pessoas que passaram pelo local tiveram acesso a serviços em diversas áreas. Vários estandes deram orientações sobre finanças e empreendedorismo. O Procon instruiu os consumidores sobre os cuidados que se deve ter com as compras de Páscoa e dívidas no cartão de crédito, por exemplo.

Leia mais  Secretarias municipais deflagram Operação Mais Centro em Sorocaba

 

Já no quiosque da Acso, os sorocabanos puderam consultar e renegociar dívidas junto ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). A startup Burh, por sua vez, realizou o cadastramento de currículos em seu banco de dados on-line.

O escritório de contabilidade Tavares Pacheco tirou dúvidas sobre a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). O Espaço do Empreendedor e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) prestaram consultoria sobre abertura de empresas e de Microempreendedor Individual (MEI). O Banco do Povo Paulista, que oferece empréstimos para pequenos empreendedores, também esteve na praça.

Na praça, os sorocabanos ainda puderam cuidar da saúde. Os ônibus do Homem e da Mulher ofereceram atendimento urológico e ginecológico. A Premed Emergências Clínicas realizou procedimentos rápidos, como aferição de pressão arterial e medição de glicemia.

Além disso, guardas civis municipais e policiais militares orientaram os consumidores sobre os cuidados que devem ser tomados após as compras.

Rápido e eficiente

A autônoma Silvana de Oliveira Silva, 28 anos, foi ao estande do Sebrae para se informar sobre os procedimentos para regularizar sua MEI. Ela está grávida e quer ter acesso ao salário-maternidade. Por isso, buscou orientações a respeito do pagamento de taxas atrasadas. Segundo Silvana, o atendimento foi rápido e eficiente.

Já Rosália Martinez, de 27 anos, procurou o auxílio da Acso para tentar renegociar dívida com uma loja. Após perder o emprego, ela não conseguiu pagar todas as contas e seu nome foi incluído no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Rosália tentou realizar um acordo com o próprio estabelecimento, mas não conseguiu. Por isso, procurou a ajuda da Associação. “Temos que ter o nome limpo. Se não tivermos, nem emprego conseguimos”, justificou. (Vinícius Camargo – Programa de Estágio / Supervisão: Marinaldo Cruz Filho)

Comentários