Sorocaba e Região

Confira as dicas para manter a saúde e energia em dias de folia

Pular carnaval e desfilar nos sambódromos exige muita energia do folião. Preste atenção aos conselhos
Bruna Maria Vieira Paccola, nutricionista e coordenadora do setor Nutrição e Dietética do Hospital Evangélico de Sorocaba. Crédito da Foto: Divulgação

Pular carnaval e desfilar nos sambódromos exige muita energia do folião. Por isso, você que já está se preparando é bom prestar atenção nas dicas dadas pela nutricionista Bruna Maria Vieira Paccola, responsável técnico e coordenadora do setor Nutrição e Dietética do Hospital Evangélico de Sorocaba, e o médico e gestor técnico Lúcio Neves, da Secretaria de Saúde de Sorocaba (SES). Acostumado inclusive a desfilar em São Paulo, o casal Ana Maria dos Santos e Acácio Tadeu Pomar, de Sorocaba, garante que ingerir muita água está entre as medidas essenciais.

Leia mais  Eleita a corte sorocabana do Carnaval 2019

 

A nutricionista Bruna Paccola diz não haver uma dieta específica para o período carnavalesco, mas que é muito importante reforçar a hidratação com água, sucos, água de coco, além da opção de água aromatizada. A hidratação, orienta a nutricionista, deve ocorrer também durante a ingestão de bebida alcoólica, colaborando até para evitar teor alcoólico acima do permitido. Nesse sentido, a nutricionista orienta também a comer petiscos não muito pesados.

Bruna Paccola enfatiza que a alimentação precisa ser leve, evitando-se alimentos gordurosos, como frituras, e também industrializados. Em contrapartida, a orientação é para aumentar o consumo de frutas, legumes e verduras. Outra dica dada pela nutricionista é que a última refeição deve ocorrer entre duas e três horas antes de sair para o baile ou o desfile. Entre os tipos de alimentos que devem ser evitados, orienta Bruna Paccola, são todos os alimentos que possam causar desconforto gastrointestinal, como por exemplo maionese e molhos. Alimentos como vinagrete e crus também não são indicados.

“As pessoas devem abusar de sucos naturais, água de coco, água natural e picolés de frutas, que são altamente hidratantes e ricos em sais minerais. Além disso, a dieta deve conter legumes, verduras, carboidratos na forma integral, como arroz e pães. As carnes brancas, também são uma ótima opção. Este cardápio equilibrado, com muitas vitaminas e minerais, ajudará a melhorar o sistema imunológico”, afirma Lúcio Neves. O médico também alerta para a importância da hidratação por conta do aumento da temperatura, considerando que a perda de líquido e sais minerais nesse período são maiores do que em outras estações.

Outro fator importante levantado por Lúcio Neves é o intervalo entre a curtição e o descanso, encontrar um equilíbrio nesse caso é essencial, porque uma pessoa com sono no volante pode ser até mais perigosa que a embriagada. Se for viajar, checar se o veículo de transporte está em boas condições, revisar e se atentar se está levando as medicações que costuma utilizar frequentemente.

Muita água

Carnavalescos por natureza e que se dividem entre desfilar em São Paulo pela Mancha Verde, ou brincar o carnaval em clubes locais, Ana Maria e Acácio Tadeu contam que se hidratam muito nas horas que antecedem a folia, e destacam que isso é importante inclusive para não judiar das cordas vocais, e poderem cantar, seja na avenida ou nos salões.

Ana Maria explica que a comida é também sempre leve, a fim de não sentir o corpo pesado e nem correr o risco de passar mal. O marido reforça ainda que o cuidado com o corpo os acompanha na folia, lembrando que o casal costuma ingerir muita água e sucos também em meio à ingestão de bebida alcoólica, pois assim é possível brincar sem os riscos de ter alguma surpresa desagradável. (Adriane Mendes)

Comentários

CLASSICRUZEIRO