Sorocaba e Região

Comerciantes em Sorocaba não aderem ao Dia Livre de Impostos

Mais de R$ 1 trilhão já foram arrecadados em tributos somente neste ano, segundo dados do Impostômetro
Ação pretende chamar a atenção para a alta carga tributária do país. Crédito da foto: Erick Pinheiro (22/12/2018)

O Dia Livre de Impostos, promovido nesta quinta-feira (30) em diversas cidades do país, não teve adesão registrada em Sorocaba. O movimento foi realizado em vários Estados por organizações como a Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem), a Associação da Classe Média (Aclame) e pelo Instituto Liberdade.

Na ação, que chama a atenção para a alta carga tributária do país, os lojistas participantes comercializam seus produtos com descontos no valor que normalmente é consumido por taxas de tributação. Segundo a CDL, houve adesão em 123 cidades de 19 Estados. De acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), em 2017, o brasileiro trabalhou 153 dias para pagar impostos. Mais de R$ 1 trilhão já foram arrecadados em tributos somente neste ano, segundo dados do Impostômetro.

Em alguns municípios, postos de combustíveis comercializaram os produtos a preços menores para um determinado número de clientes. O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado São Paulo (Sincopetro) de Sorocaba, Jorge Marques, conta que a entidade não aderiu à campanha na cidade. Conforme ele explica, esse tipo de ação costuma ser convocada por associações empresariais que subsidiam os descontos de forma a possibilitar a campanha. Ele ressalta, no entanto, o peso da tributação na venda de combustíveis. “54% do produto é imposto”, diz. Os principais shoppings da cidade também não divulgaram a realização de ações específicas para o Dia Livre dos Impostos. (Da Redação)

Comentários