Sorocaba e Região

Cidadania em Movimento oferece serviços para cerca de três mil pessoas no Éden

O evento ofereceu diversas ações sociais, como emissão de documentos, exames médicos, testes de paternidade e cortes de cabelo
Cidadania em Movimento oferece serviços para cerca de três mil pessoas no Éden
Evento reuniu órgãos de diversos setores como saúde, justiça, finanças e educação. Crédito da foto: Emidio Marques

Em torno de três mil pessoas participaram ontem, na Escola Estadual do Bairro do Éden, do Cidadania em Movimento. O evento, organizado pela Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania, em parceria com a Prefeitura de Sorocaba, ofereceu diversas ações sociais, como emissão de documentos, exames médicos, testes de paternidade e cortes de cabelo.

De acordo com Tatiana Campos, assessora técnica do Gabinete da Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, esse evento é levado para todas as cidades com oferta de serviços para a população em geral, mas em Sorocaba teve a atenção voltada também para a população haitiana, especialmente para regularização documental dos imigrantes, estimados entre 1.500 a 2 mil na cidade, segundo informações passadas por Clóvis Alberto da Silva, diretor de área da Secretaria da Cidadania e Participação Popular (Secid).

Leia mais  Clínica geriátrica clandestina é interditada em Sorocaba

Para que todas as pessoas interessadas tivessem acesso ao evento, ônibus foram disponibilizados das cinco Casas do Cidadão, e vans para buscar haitianos em associações e entidades.

Os participantes também receberam atendimento nas áreas de saúde, com testes de HIV, hepatite, aferição de pressão arterial, além de orientações sobre formalização e regularização de Microempreendedor Individual (MEI) e acesso à microcrédito pelo Banco do Povo Paulista. Também foram disponibilizadas informações sobre denúncias de racismo e intolerância religiosa, além de rodas de conversa sobre o “empoderamento da mulher”.

Cidadania em Movimento oferece serviços para cerca de três mil pessoas no Éden
Beatriz levou os filhos tirar para tirar RG. Crédito da foto: Emidio Marques

Para a professora e articuladora da escola, Tânia Alves, a ação foi muito útil para aqueles que não têm tempo durante a semana para procurar por tais serviços e utilizaram o sábado para isso. Foi o caso da manicure Beatriz Cristina da Silva, que levou os filhos Cauê, de 3 anos, e Ketyelin, de 10 anos, para a emissão de RGs. (Adriane Mendes)

Comentários