Sorocaba e Região

Cenário positivo do agronegócio alavanca setor fabril em Sorocaba

Cidade abriga uma das maiores indústrias de produção de colheitadeiras do País
Cenário positivo do agronegócio alavanca setor fabril em Sorocaba
Duas linhas de montagens de colheitadeiras produzem, simultaneamente, 12 modelos diferentes de máquinas
A unidade da CNH Industrial em Sorocaba é uma das mais modernas da empresa no mundo. Crédito da foto: Divulgação CNH Industrial

As boas perspectivas do mercado agrícola brasileiro têm sido positivas também para Sorocaba, principalmente na produção de máquinas agrícolas. Isso porque a cidade abriga uma das maiores empresas de fabricação de colheitadeiras do País: a CNH Industrial.

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio cresceu 5,26% no primeiro semestre de 2020 na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), e é considerado um dos setores mais positivos do Brasil, apesar da pandemia do coronavírus. E esses números se refletem no setor de máquinas agrícolas.

Referência em tecnologia e na indústria 4.0, a fábrica de Sorocaba da CNH Industrial é uma das mais modernas da empresa no mundo. Inaugurada em 2010, a planta se diferencia por produzir as maiores e mais modernas colheitadeiras da Case IH e da New Holland Agriculture do mercado.

A unidade gerencia mais de 17 mil peças e tem duas linhas de montagens exclusivas de colheitadeiras que produzem, simultaneamente, 12 modelos diferentes de máquinas. Em 526 mil metros quadrados de área, a CNH Industrial conta com cerca de 1,8 mil colaboradores.

Tratores

Segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), com 4,7 mil unidades vendidas no País, setembro de 2020 teve o melhor resultado dos últimos 12 meses. Já na comparação com agosto, as vendas dos fabricantes de tratores agrícolas e de máquinas de construção em setembro cresceram 8,9%, enquanto as exportações avançaram 26,2%. Os números foram divulgados no dia 7, pela Anfavea, a entidade que representa a indústria nacional de veículos automotores.

A CNH Industrial não divulga os números da produção local na fábrica de Sorocaba, mas o
porta-voz da empresa e diretor de Relações Institucionais, Alexandre Bernardes, admite que as perspectivas do mercado agrícola, em geral, são boas. “Em linhas gerais, os números são positivos, contudo, ainda não estamos no melhor momento”, diz.

A perspectiva da Anfavea é que o mercado de máquinas agrícolas feche 2020 com 3% de crescimento em relação a 2019.

Bernardes disse ainda que Sorocaba também é sede da unidade de negócios CNH Industrial Aftermarket Solutions, “coração” da logística de peças que atende toda a rede de concessionárias das marcas Case IH, Case Construction Equipment, New Holland Agriculture, New Holland Construction, IVECO e FPT Industrial. (Ana Cláudia Martins)

Tecnologia de ponta é a tônica na fábrica

Cenário positivo do agronegócio alavanca setor fabril em Sorocaba
Máquinas agrícolas da CNH Industrial atendem mercado interno e externo. Crédito da foto: Divulgação CNH Industrial

De acordo com a CNH Industrial, a Case IH, além das novas plantadeiras e pulverizadores, renovou a linha de colheitadeiras de grãos com a séries 150 e 250, produzidas em Sorocaba.

O diretor da CNH afirma que a fábrica é referência no desenvolvimento global de tecnologias voltadas à produção de colheitadeiras de grãos. “Junto com engenheiros do mundo inteiro, nossos colaboradores trabalharam nos projetos das novas máquinas que são destaque no mercado. A New Holland Agriculture também tem novos pulverizadores e plantadeiras e, logo, lançará novas colheitadeiras das linhas TC e TX”, aponta Alexandre Bernardes.

Ele destaca ainda que, neste ano, as marcas agrícolas da CNH Industrial apresentaram importantes novidades. “Isso porque a pandemia não parou o agronegócio, setor que, além de produzir alimentos para a população, também impulsiona a economia nacional”, destaca.

Exportações

O economista e professor Geraldo Almeida estima que 35% da produção de máquinas agrícolas da CNH Industrial, produzidas em Sorocaba, são exportadas para países da América Latina.

Almeida destaca ainda que a planta da cidade é responsável pela maior fábrica de colheitadeiras do País e também da América Latina, e que o desempenho do agronegócio brasileiro está favorecendo a produção local de máquinas agrícolas. “Aliada a capacidade produtiva da fábrica, a CNH conta com uma tecnologia de produção de ponta, muito avançada e moderna, com mão-de-obra qualificada”, aponta.

Já o diretor da Regional Sorocaba do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Erly Domingues de Syllos, também destaca a importância da cidade na produção de máquinas agrícolas com empresas de grande porte e de tecnologia avançada, como a CNH Industrial. “Sorocaba tem outras duas grandes empresas na produção de máquinas industriais, como a JCB, por exemplo, e com isso torna-se um polo produtivo, atraindo e gerando negócios e fortalecendo a economia local e regional”, aponta. (Ana Cláudia Martins)

Comentários